Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Odontologia
Início do conteúdo da página

Como iniciar tratamento na Odontologia do HCA?
A Clinica Geral Odontológica é a porta de entrada para o tratamento na odontologia do HCA.

Como ser atendido na Clínica Geral Odontológica?

Existem duas formas de marcação. A primeira é na parte da manhã, comparecendo à recepção do primeiro andar da Divisão Odontológica a partir das 6h e pegando uma senha para atendimento no mesmo dia. A segunda forma é online através da marcação de consulta para a parte da tarde.

*Clique aqui para ver o passo a passo da marcação online

 

CLÍNICAS DA DIVISÃO ODONTOLÓGICA DO HCA

 

CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL

CLÍNICA GERAL ODONTOLÓGICA

ENDODONTIA

ESTOMATOLOGIA

DENTÍSTICA RESTAURADORA

IMAGINOLOGIA ORAL

IMPLANTODONTIA

ODONTOPEDIATRIA

ORTODONTIA

PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS

 PERIODONTIA

 PRÓTESE DENTÁRIA

 

 

 

 

 

 

 


 

CLÍNICA GERAL ODONTOLÓGICA

 

É a responsável pelo primeiro atendimento dos pacientes que iniciam o tratamento na Divisão Odontológica. O acesso às demais especialidades será a partir da CGO.

O que faz a Clínica Geral Odontológica?

São realizados na CGO os seguintes procedimentos:

  • Anamnese e plano de tratamento;
  • Profilaxia;
  • Restaurações diretas com resinas fotoativadas em dentes anteriores e posteriores;
  • Provisórios, acesso aos canais radiculares e procedimentos simples em caso de necessidade.

 

 

 

CIRURGIA BUCO-MAXILO-FACIAL

A Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial é uma especialidade da odontologia que trata as doenças da cavidade oral e seus anexos, tais como: traumatismos e deformidades faciais (congênitos ou adquiridos), traumas e deformidades dos maxilares.

A Cirurgia Buco-Maxilo-Facial é de âmbito ambulatorial ou hospitalar. Nos ambulatórios ou consultórios são exercidas cirurgias menores, na sua grande maioria sob anestesia local, onde são, por exemplo, removidos dentes com indicação de extração, inclusive dentes inclusos, pequenos tumores benignos, cistos, lesões periapicais e cirurgias para adaptações protéticas, entre outras.

As cirurgias de grande porte são realizadas sob anestesia geral em ambiente hospitalar e demandam mais cuidados. São elas:

  • Cirurgias de grandes tumores ou cistos;
  • Fraturas faciais;
  • Cirurgias Ortognáticas, entre outras.

 

 

ESTOMATOLOGIA

 

Estomatologia é a especialidade da Odontologia que tem como objetivo a prevenção, o diagnóstico, o prognóstico e o tratamento das doenças próprias do complexo maxilo-mandibular, das manifestações bucais de doenças sistêmicas e das repercussões bucais do tratamento antineoplásico.

O atendimento em Estomatologia inclui:

  • promoção e execução de procedimentos preventivos em nível individual e coletivo na área de saúde bucal, com especial ênfase à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer de boca;
  • obtenção de informações necessárias à manutenção da saúde do paciente, visando à prevenção, ao diagnóstico, ao prognóstico e ao tratamento de alterações estruturais e funcionais da cavidade bucal e das estruturas anexas; e,
  • realização ou solicitação de exames complementares, necessários ao esclarecimento do diagnóstico, bem como adequar ao tratamento.

Como ser atendido?

Todo paciente que necessita de atendimento na Estomatologia pode fazer o agendamento diretamente na Seção de Estomatologia do HCA, ou com encaminhamento por escrito de outras especialidades odontológicas ou encaminhamento médico. Na primeira consulta será realizada uma detalhada anamnese e exame clínico que definirão se de fato o paciente necessita de atendimento especializado.

 

 

IMPLANTODONTIA

 

É a especialidade que tem como objetivo a instalação de implantes dentários biocompatíveis (titânio puro) destinados a suportar próteses dentárias unitárias, fixas ou removíveis, próteses totais e como recurso complementar de apoio a tratamentos ortodônticos (mini implantes ortodônticos).

Os pacientes encaminhados para Clínica de Implantodontia deverão ser agendados para avaliação e orientações preliminares.

 

Somente serão aceitos casos clínicos de reabilitação protética de pacientes com implantes instalados em outras OSA, nos casos de militares ou dependentes transferidos e com toda documentação clínica pertinente ao tratamento.

Não serão aceitos tratamentos de reabilitação protética sobre implantes nos casos de pacientes submetidos à fase cirúrgica (instalação dos implantes) fora do âmbito do SISAU.

 

ODONTOPEDIATRIA

Odontopediatria é a especialidade que tem como objetivo a educação para a saúde bucal da criança, além do diagnóstico, prevenção, tratamento e controle das afecções dentárias. A primeira consulta no odontopediatra deve ser realizada antes mesmo do nascimento dos primeiros dentes decíduos (de leite), para que os pais recebam orientações acerca da sequência de erupção dos dentes e a sua adequada higiene bucal; recebam, também, instruções sobre prevenção da cárie de acometimento precoce, aleitamento materno, hábitos de sucção de chupeta e de dedo e uso de mamadeira.

As áreas de competência para atuação do especialista em Odontopediatria incluem:

a) Atendimento odontológico aos bebês e aos pacientes infantis até 12 anos de idade;
b) Condicionamento da criança para atenção odontológica;
c) Educação e Promoção da Saúde Bucal;
d) Dentística Preventiva e Restauradora;
e) Diagnóstico dos problemas buco-dentários;
f) Tratamento das lesões dos tecidos moles, dos dentes, das arcadas dentárias e das estruturas ósseas adjacentes, decorrentes de cáries, traumatismos, alterações na odontogênese e mal- formações congênitas; e
g) Ortodontia Preventiva e Interceptativa.

 

 

 

ORTODONTIA

                                               

É a especialidade que tem como objetivo a prevenção, a supervisão e a orientação do desenvolvimento do aparelho mastigatório e a correção das estruturas dento-faciais, incluindo as condições que requeiram movimentação dentária, bem como harmonização da face no complexo maxilo-mandibular.

                                               

As áreas de competência da clínica de Ortodontia incluem:

  •  Diagnóstico, prevenção, interceptação e prognóstico das maloclusões e disfunções neuro-musculares;
  • Obtenção e interpretação de imagens das estruturas buco-maxilares;
  •  Planejamento do tratamento e sua execução mediante indicação, aplicação e controle dos aparelhos mecanoterápicos e funcionais, para obter e manter relações oclusais normais em harmonia funcional, estética e fisiológica com as estruturas faciais; e.
  •  Inter-relacionamento com outras especialidades afins necessárias ao tratamento integral da face.

 

A Divisão de Odontologia do HCA conta ainda com Curso de Pós-Graduação em Ortodontia, com duração de 3 anos, responsável pela formação de especialistas em Ortodontia para a Força Aérea Brasileira e, mais recentemente, também de cirurgiões-dentistas do meio civil.  A Especialização em Ortodontia funciona no hospital desde 1982, tendo sido responsável pela formação de  número superior a 100 ortodontistas a serviço da Aeronáutica e espalhados por todo o Brasil.  Existe o envolvimento direto e indireto de todo o efetivo da clínica de Ortodontia na formação dos alunos, o que possibilita a constante atualização e reciclagem do corpo clínico de profissionais deste hospital.

 

 

ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS

 

Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais é a especialidade que tem por objetivo o diagnóstico, prevenção, tratamento e controle dos problemas de saúde bucal dos pacientes que apresentam uma complexidade no seu sistema biológico, psicológico e/ou social.

Esta especialidade se dedica a prestar assistência odontológica aos pacientes com distúrbios psíquicos, comportamentais e emocionais; aos pacientes que apresentam condições físicas ou sistêmicas, incapacitantes temporárias ou definitivas; aos pacientes que apresentam problemas especiais de saúde com repercussão na boca e estruturas anexas, bem como das doenças bucais que possam ter repercussões sistêmicas. Estes pacientes constituem um grupo de risco para o desenvolvimento de doenças bucais e desta forma, cada atendimento odontológico é considerado como parte de um programa permanente de saúde bucal.

O atendimento de pessoas que apresentem alguma doença ou situação clínica que necessitem de abordagem odontológica diferenciada e integrada é realizado com percepção e atuação dentro de um espaço de referência que tenha estrutura inter, multi e transdisciplinar, com envolvimento de outros profissionais de saúde e áreas correlatas, para oferecer um tratamento integral ao paciente. O tratamento é planejado de forma individual, considerando a situação específica de cada paciente e pode ser realizado em âmbito ambulatorial, domiciliar ou hospitalar.

Quem são os pacientes com necessidades especiais?

De acordo com Associação Internacional de Odontologia para o Paciente com Necessidades Especiais (IADH — International Association for Disabilities and Oral Health), são considerados pacientes com necessidades especiais o indivíduo que apresenta: a) Desvios da inteligência; b) Defeitos físicos; c) Defeitos congênitos; d) Desvios comportamentais; e) Desvios psíquicos; f) Deficiências sensoriais e de áudio-comunicação; g) Doenças sistêmicas crônicas; h) Doenças endócrino-metabólicas; i) Desvios sociais; j) Estados fisiológicos especiais.

Como ser atendido?

Todo paciente que se enquadra na descrição pode fazer o agendamento diretamente na Seção de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais do HCA, ou com encaminhamento por escrito de outras especialidades odontológicas ou do médico assistente. Na primeira consulta será realizada detalhada anamnese e exame clínico que definirão se de fato o paciente necessita de atendimento especializado.

 

 

IMAGINOLOGIA ORAL

 

A Radiologia Odontológica, atualmente chamada de Imaginologia Oral é a especialidade que tem como objetivo a aplicação de métodos exploratórios por imagem com a finalidade de auxiliar no diagnóstico, acompanhamento e documentação do complexo maxilo-facial e estruturas anexas.

Exames realizados na Seção de Imaginologia Oral (SIMO):

  • Radiografia Panorâmica: É um exame realizado para avaliar de forma geral o complexo maxilomandibular.
  • Cefalométrica: É aquela que se propõe, sem deformação e sem aumento apreciável, fornecer uma imagem radiográfica dos ossos do crânio, da face e das partes moles. Indicada para o estudo do crescimento e desenvolvimento crânio-faciais.
  • Periapical Completo: Utilizada para avaliação criteriosa dos dentes, principalmente a região apical e do osso alveolar adjacente.
  • Radiografia Interproximal ou Bite Wing: Utilizada para diagnósticos de cáries nas superfícies proximais, adaptação de coroas e excessos marginais de restaurações.
  • Radiografia Oclusal: Indicada para avaliar áreas maiores da maxila e da mandíbula, procurando investigar fraturas ósseas, lesões ou dentes impactados.
  • Tomografia Odontológica: Trata-se de um método de diagnóstico que utiliza a radiação ionizante para obter imagens tridimensionais da estrutura maxilomandibular. Principais indicações: avaliação endodôntica, planejamento de implantes, localização de dentes inclusos e pesquisa de lesões.

 

Como ser atendido na clínica de Imaginologia Oral?

A marcação do exame de panorâmica e periapical completo são feitas diretamente na Recepção da DOD, através de encaminhamento das clínicas ou mesmo da Emergência Odontológica. Já a marcação de tomografia odontológica é feita pessoalmente na Seção de Imaginologia Odontológica (SIMO), também com o encaminhamento do cirurgião-dentista solicitante.

 

 

 

DENTÍSTICA RESTAURADORA  

 

Dentística é a especialidade que atua na área da cosmética e da restauração dental. O principal foco é a função, ainda que a estética de dentes seja importante também para a saúde e bem estar dos pacientes.

  • O que faz a Clinica de Dentística?

 A clínica de Dentística é responsável por executar diversos procedimentos restauradores indiretos unitários, que envolvem a reabilitação estética e funcional de um paciente em dentes anteriores e posteriores, tendo como exemplos: coroas totais, restaurações parciais indiretas (onlays ou “blocos”), retentores intrarradiculares e facetas diretas ou indiretas para reabilitação estética anterior.

  • Como ser atendido na Dentística?

Pacientes em tratamento devem ser encaminhados por escrito e com radiografia periapical por alguma outra especialidade odontológica, na qual esteja sendo atendido.

Pacientes em início de tratamento devem ser encaminhados pela clínica de Semiologia ou Clínica Geral Odontológica, que são as responsáveis pelo atendimento inicial do paciente.

Para casos de urgência, não há necessidade de marcação prévia. O paciente deverá procurar o serviço de Emergência Odontológica.

 

 

 

 Início


 ENDODONTIA

 

 

Endodontia é a especialidade que realiza a preservação do dente por meio de prevenção, diagnóstico, prognóstico, tratamento e controle das alterações da polpa e dos tecidos que envolvem a raiz dentária. Tem como objetivo prevenir a infecção do canal radicular em casos de polpa viva com inflamação irreversível e de controlar a infecção em um quadro de polpa necrótica, evitando assim a presença ou até mesmo, uma vez já instalada, a progressão de uma lesão perirradicular, visando ao reparo ou à manutenção da saúde das estruturas perirradiculares e ao restabelecimento da função dentária normal. A polpa dental é um tecido mole que esta envolta por uma camada de dentina, que por sua vez é coberta por esmalte e é indiscutivelmente sensível aos estímulos térmicos, tanto ao frio quanto ao calor. O tratamento endodôntico consiste na remoção da polpa, limpeza, desinfecção e obturações dos canais.


O que faz a Clinica de Endodontia e para que serve?


A clínica de Endodontia realiza tratamento e o retratamento de canal de dentes unirradiculares, birradiculares e multirradiculares. Assim como, o tratamento dos traumatismos dentários, perfurações e reabsorções radiculares. Também é responsável pela remoção de pinos intrarradiculares.

Para marcação na Endodontia, o paciente deverá apresentar um encaminhamento com a informação do dente, radiografia periapical e o tipo de procedimento a ser executado.

 

 

  Início

 


 

PERIODONTIA

 

     Periodontia é a especialidade que tem como objetivo o estudo, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento das doenças gengivais e periodontais, visando à promoção e ao restabelecimento da saúde periodontal.
     Depois da cárie, cuja incidência na população vem caindo nos últimos anos, o desafio mais árduo dos dentistas é a doença periodontal, mal em que bactérias causam inflamação das gengivas e perda gradual dos tecidos de suporte dos dentes. 
     As áreas de competência para atuação do especialista em periodontia incluem:

  • avaliação diagnóstica e planejamento do tratamento.
  • controle das causas das doenças gengivais e periodontais.
  • controle das sequelas e danos das doenças gengivais e periodontais.
  • procedimentos preventivos, clínicos e cirúrgicos visando ao restabelecimento da saúde periodontal;
  • outros procedimentos necessários à manutenção ou à complementação do tratamento das doenças gengivais ou periodontais.
  • cirurgias com finalidade pré-protética.

    Quando procurar a Clínica de Periodontia?
    Vermelhidão, inchaço nas gengivas, mau hálito, sangramento fácil durante o uso de fio dental e escovação podem ser sinais de doença periodontal. A doença geralmente não apresenta dor, sendo este um motivo de adiamento, por parte do paciente, em procurar um especialista. Mas as pessoas que apresentam estes sinais devem procurar uma orientação profissional, pois o sangramento gengival não é normal.

    · Como ser atendido na Periodontia?
    Caso esteja em tratamento em alguma das clínicas, o paciente deve ser encaminhado por escrito pelo seu dentista. Os pacientes que já fizeram tratamento na Clínica de Periodontia devem retornar em períodos estipulados pelo periodontista para uma consulta de manutenção periodontal. O agendamento para atendimento em ambulatório deverá ser realizado, após o paciente ser encaminhado pelo dentista clínico (encaminhamento por escrito), pessoalmente com o auxiliar da Seção, na Clínica de Periodontia pela manhã.

 

 

  Início


 

PRÓTESE DENTÁRIA

 

  • O que faz a Clínica de Prótese Dentária?
    É a especialidade que tem por objetivo o restabelecimento e a manutenção do sistema estomatognático, visando proporcionar conforto estético e saúde através da devolução dos dentes perdidos ou destruídos e manutenção dos tecidos contíguos. 

    Quais são as áreas de abrangência do especialista em Prótese Dentária?
    1) Diagnóstico, prognóstico, tratamento e controle dos distúrbios crânio-mandibulares e de oclusão, através de próteses fixas, removíveis ou totais.
    2) Trabalhos de laboratório necessários à execução dos trabalhos protéticos.
    3) Procedimentos e técnicas de confecção de próteses fixas, removíveis e totais como substituição às perdas de elementos dentários.

    · O que é uma prótese fixa?
    É a restauração parcial ou total da coroa de um dente (prótese unitária). Se houver substituição de mais de um dente, teremos a prótese parcial fixa, também denominada ponte fixa. Recebe esta denominação porque não pode ser removida do elemento dentário (previamente preparado). 
    As próteses fixas podem ser metálicas, com revestimento estético em resina ou porcelana ou totalmente de porcelana.
    A durabilidade de uma prótese fixa depende de:
    a)  um bom exame e planejamento prévios;
    b)  técnica e dos materiais utilizados;
    c)  adaptação da prótese aos preparos dentários;
    d)  boa relação da prótese com os tecidos gengivais;
    e)  sua harmonia com função mastigatória e
    f)   principalmente da manutenção da saúde bucal que a paciente dedica a seus trabalhos protéticos.

    · O que é uma prótese removível?
    É uma prótese que também se destina a completar a ausência de dentes numa arcada dentária, restabelecendo as funções estética e mastigatória. Também é conhecida popularmente pelo nome de ROACH, porém no meio odontológico chama-se P.P.R.G. (Prótese parcial removível a grampo).

    · Prendem-se aos dentes através dos grampos?
    Existe ainda a prótese removíveis em que os grampos são substituídos por encaixes de “attachments”, dispositivos que melhoram a estética sem prejuízo da retenção e funcionalidade. Estes encaixes necessitam de coroas nos dentes de apoio para serem suportados. 

    · O que é uma Prótese Total?
    É um trabalho de reabilitação para aquelas pessoas que perderam totalmente seus dentes. Também é conhecida como dentadura. Tem, como as outras próteses, a função de restabelecer a estética e a função mastigatória.

    · Como ser atendido pela Clínica de Prótese Dentária no Hospital Central da Aeronáutica?
    Pacientes em emergência (dor, fratura dentes anteriores etc.) - não há necessidade de marcação prévia. O paciente deverá procurar o serviço de Emergência Odontológica.
    Início de Tratamento – O paciente deverá ser atendido primeiramente pela Clínica Geral Odontológica e posterior avaliação na Clínica de Prótese Dentária.
Fim do conteúdo da página