Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Galeria de Patronos
Início do conteúdo da página

     O INCAER tem uma Galeria de Patronos, representada por grandes vultos da Aviação brasileira já falecidos. Cada nome está relacionado a uma Cadeira, simbolicamente, que está ocupada por um Conselheiro pertencente ao Conselho Superior.

 


Cadeira 1

Padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão

     Inventor brasileiro, nascido em Santos, em 19 de dezembro de 1685. Dedicou-se com entusiasmo à construção de uma "máquina aeroestática" pela qual ficaria conhecido como o Padre Voador.


Cadeira 2

Prof Augusto Severo de Albuquerque Maranhão

     Nasceu em 11 de janeiro de 1864, em Macaíba, Rio Grande do Norte e morreu tragicamente em 12 de maio de 1902, em companhia de seu mecânico George Sachet, quando fazia experiências de voo de seu balão "PAX", nos céus de Paris.

 
Cadeira 3

Marechal-do-Ar Alberto Santos Dumont

     Santos-Dumont provou que podíamos voar. Suas realizações foram uma contribuição notável para a locomoção aérea do homem, para quem ela tem aberto tantas perspectivas de vida nesta terra, as quais se orientam, não só no sentido das conquistas materiais, mas, também, no das realizações mais elementares, como o da aproximação entre os povos.

 
Cadeira 4

Sr Eduardo Pacheco Chaves

     Nasceu em 18 de julho de 1887 e faleceu em 21 de junho de 1975. Por suas proezas aéreas, mereceu o epíteto de "Bandeirante do Azul" e, por ordem cronológica, é considerado o 3º aviador do Brasil, precedido por Santos-Dumont e Jorge Möller.


Cadeira 5

Dr Joaquim Pedro Salgado Filho 

     Nasceu em 02 de julho de 1888 e faleceu em 30 de julho de 1950. Tomou posse em 23 de janeiro de 1941. Foi o único ministro civil do Ministério da Aeronáutica.

 

Cadeira 6

Marechal-do-Ar Armando Figueira Trompowsky de Almeida

      Nasceu em 30 de janeiro de 1889 e faleceu em 16 de janeiro de 1964. Foi o primeiro Chefe do Estado-Maior da Aeronáutica.


Cadeira 7
Marechal-do-Ar Henrique Raymundo Dyott Fontenelle

     Nasceu em 30 de março de 1894 e faleceu em 14 de maio de 1962.
     Realizou a integração das antigas Escolas de Aviação do Exército e da Marinha na Escola de Aeronáutica, promovendo a confraternização cordial dos pilotos de mar e terra.
 
Cadeira 8
Maj Brig Ar Lysias Augusto Rodrigues

     Nasceu em 23 de junho de 1896, no Rio de Janeiro e faleceu em 21 de maio de 1957.
     Há em cada cidadão brasileiro o sentimento desenvolvido de nacionalidade. Poucos, porém, puderam realizá-lo de forma tão viva como Lysias Rodrigues.
 
Cadeira 9
Marechal-do-Ar Eduardo Gomes

     Nasceu em 20 de setembro de 1896, na cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro.
     As virtudes que respaldavam seu sólido caráter e as ações cívicas e morais que empreendeu, de muito,, contagiaram gerações de brasileiros, militares e civis, homens e mulheres, seus conterrâneos, admiradores e seguidores. Eduardo Gomes é um símbolo. Padrão de cidadão e de soldado, pertence ao Panteon da Pátria.
 
Cadeira 10

Marechal-do-Ar Antônio Guedes Muniz

     Nasceu em 12 de junho de 1900 e faleceu em 28 de junho de 1985.
     O Marechal-do-Ar Antônio Guedes Muniz foi um brilhante engenheiro aeronáutico, e um dos pioneiros da indústria aeronáutica no Brasil.

 
Cadeira 11

Sr. Ruben Martin Berta

     Nasceu em 5 de novembro de 1907 e faleceu em 14 de dezembro de 1966. Rubem Berta foi um educador, um orientador e um formador de homens.

 
Cadeira 12
Ten Brig Ar Nelson Freire Lavenère-Wanderley

     Nasceu em 27 de outubro de 1909 e faleceu em 30 de agosto de 1985. Foi um dos pioneiros dos voos do CAM (Correio Aéreo Militar). Realizou missões de guerra na Itália, nos aviões do 1º Grupo de Caça.
 
Cadeira 13
 Marechal-do-Ar Raymundo Vasconcellos de Aboim

     Nasceu em 3 de julho de 1898 e faleceu em 20 de outubro de 1990. Pioneiro da Aviação Naval Brasileira e primeiro engenheiro aeronáutico sul-americano.
 
Cadeira 14
Sr. João Ribeiro de Barros

     Nasceu em 04 de abril de 1900 e faleceu em 19 de julho de 1947.
     Foi o primeiro Piloto-Aviador das Américas, que atravessou o Oceano Atlântico em voo direto - sem escalas - a bordo do Hidroavião "JAHU", em 28 de abril de 1927. Pioneiro da Aviação Civil Brasileira, planejou e realizou o reide Gênova - Stº Amaro.
 
Cadeira 15
 Ten Brig Ar Joelmir Campos de Araripe Macedo

     Nasceu em 16 de fevereiro de 1909 e faleceu em 12 de abril de 1993. Destacou-se na área da engenharia pela dedicação e competência no equacionamento dos complexos problemas da implantação de uma Indústria Aeronáutica, após a criação do Ministério da Aeronáutica, em 1941.
 
Cadeira 16
Brig Ar Nero Moura

     Patrono da Aviação de Caça Brasileira, Nero Moura distinguiu-se como Comandante do 1º Grupo de Aviação de Caça e como combatente na Segunda Guerra Mundial.
     Foi um dos preconizadores do INCAER.

 Cadeira 17
Profº Júlio César Ribeiro

     Foi um dos pioneiros aeronáuticos mundiais, autor de trabalhos escritos divulgados e experimentos registrados sobre uma nova forma de aeróstato dotado de dirigibilidade. 
 
Cadeira 18
 Ten Brig Ar Deoclécio Lima de Siqueira

     Nasceu em 21 de setembro de 1916 e faleceu em 23 de março de 1998.
     Pensador e analista, estratégico por excelência, deixou escritos fundamentais para a história da aviação e da aeronáutica brasileira.
     Exerceu proeminente ação na área de ensino, planejamento de alto nível e na aviação civil.
 
Cadeira 19
Marechal-do-Ar Casimiro Montenegro Filho

      Pioneiro do Correio Aéreo Militar, criador do ITA e do CTA, patrono da Área de Engenharia da Aeronáutica e da Academia Nacional de Engenharia.
 
Cadeira 20
 

Ten Brig Ar João Camarão Telles Ribeiro

     Criou, em 1958, o Correio Aéreo Nacional da Amazônia (CAN/AM).Foi Comandante da prestigiosa Organização de Ensino da Aeronáutica - EPCAR - que durante esse benfazejo período vivenciou uma verdadeira revolução, remodelando os métodos, os processos, os currículos e a filosofia educacional.

Fim do conteúdo da página