Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias do MUSAL
Início do conteúdo da página

 

No dia 29 de julho, em solenidade reservada e cumprindo todos os protocolos do Comando da Aeronáutica e Autoridades Sanitárias previstos para o atual momento de pandemia do vírus SARS-COV-2, o Museu Aeroespacial (MUSAL) realizou a Cerimônia Militar alusiva ao 48º aniversário de sua criação.

Criado em 31 de julho de 1973, o Museu Aeroespacial passou a ser a materialização da idéia de um museu aeronáutico, a qual é anterior a própria criação do Ministério da Aeronáutica. Na década de 1930, os amantes da aviação sentiam falta de um local adequado para a guarda e preservação da documentação histórica relacionada ao assunto., uma vez que algumas décadas já haviam se passado desde o voo do mais pesado que o ar e muitos países já possuíam um museu dedicado a esse setor. Entretanto, o Brasil ainda não havia se mobilizado para tal organização, apesar de se acreditar que um museu ajudaria a defender o pioneirismo de Santos Dumont, que, em 1906, realizou o primeiro voo do mais pesado que o ar em Paris.

A cerimônia que foi presidida pelo Tenente Brigadeiro do Ar R/1 Rafael Rodrigues Filho, Diretor do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), também contou com as presenças do Brig do Ar Lélio Walter Pinheiro da Silva Junior, Comandante Universidade da Força Aérea; do Brig do Ar Ref Márcio Bhering Cardoso, eterno Diretor do MUSAL; do Brig do ar R/1 Roberto Ferreira Pitrez, Subdiretor de Divulgação e Apoio do INCAER; e do Dr. Marcelo Pelajo, Curador do Museu da Patologia e Pesquisador do Instituto Osvaldo Cruz/Fiocruz.

Durante o evento foram realizadas homenagens ao Brigadeiro do Ar Reformado Márcio Bhering Cardoso, Diretor do MUSAL por 16 anos (abr/2001 até mar/2017), além do reconhecimento para alguns dos grandes Amigos do Museu Aeroespacial pelos inestimáveis apoios prestados. Na oportunidade, também foram enaltecidos os profissionais do MUSAL, que foram eleitos entre seus pares como “Destaque Profissional”, bem como os militares que foram agraciados com as Medalhas Militar de Prata e Bronze, por haverem completado, respectivamente, 20 e 10 anos de bons serviços prestados em serviço ativo.

Já ao final da solenidade, o Brigadeiro Mauricio Carvalho Sampaio, Diretor do MUSAL, fez uso da palavra, parabenizando e ressaltando a importância do reconhecimento aos homenageados, destacando o comprometimento e o empenho com que desempenharam e ainda desempenham suas funções, servindo de exemplos para seus pares e subordinados.

#museuaeroespacial #PaidaAviação #SantosDumont #museuaeroespacialrj #musal #musalfab #fab_oficial #fab #dimensão22 #forçaaéreabrasileira #campodosafonsos #História #HistóriadaAviação #visitaasaeronaves #amaero #cultura #lazer #diversao #visiteomusal #FABnaHistória

 

 Texto: Cel Av R/1 Sarandi

Fotografias: 1S BFT Israel e Civil Gastão

 

O Diretor do Museu Aeroespacial, Brigadeiro do Ar R/1 Mauricio Carvalho Sampaio, e comitiva visitaram a Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro, no dia 07 de julho de 2021, com o objetivo de dar continuidade às tratativas de novas parcerias com esta Fundação.

O compromisso faz parte da proposta de incentivar a maior participação da Sociedade Civil nos assuntos relacionados aos temas centrais de ambas Instituições, em particular, estimulando o maior interesse das crianças e adolescentes para essa área de conhecimento.

Nesta oportunidade, além de conhecer todas as estruturas expositivas com diversas áreas interativas de enorme valor, o Diretor de Astronomia do Planetário, Leandro Guedes, que acompanhou a comitiva durante a visita, realizou uma verdadeira “viagem” pelos 50 anos de existência da Instituição, bem como uma impressionante apresentação na Cúpula Galileu Galilei, onde mostrou algumas das projeções temáticas de astronomia, que são expostas em uma superfície esférica, que provoca a sensação de imersão no espectador.

Para o Presidente da Fundação Planetário, Gledson Machado, bem como para o Brigadeiro Sampaio, Diretor do MUSAL, esta pode ser uma grande possibilidade de fomentar as iniciativas para o turismo direcionado aos roteiros turísticos dedicados às áreas culturais do Rio de Janeiro, particularmente, para os museus da capital fluminense.

Texto: Coronel Sarandi/MUSAL

Fotos: Sargento Breno/MUSAL

 

Dando continuidade ao cronograma da Divisão Técnica do Museu Aeroespacial – MUSAL, em cumprimento do Plano de Restauração e Conservação do Acervo Histórico, a Seção de Restauração concluiu a restauração de mais uma aeronave, o Pilatus P-3.

Pilatus P-3 é um avião para dois tripulantes, destinado ao treinamento avançado de pilotos. Voou pela primeira vez em 1953, sendo construída 79 unidades (incluindo o protótipo),  das quais 72 para a Força Aérea Suíça e 6 para a Marinha Brasileira.

No Brasil esses aviões foram utilizados pela Marinha em missões de treinamento e operação aérea, de 1963 a 1965, e pela Força Aérea em missões de ligação, de 1965 a 1972. O exemplar em exposição (matrícula FAB 3182) foi desativado em 1972 e entregue ao Museu Aeroespacial em 1973.

A aeronave, que integra o acervo histórico e estará exposta em um dos hangares de exposições, necessitava de reparos estruturais e na sua pintura. 

A conservação e restauração do acervo museológico compreendem um conjunto de procedimentos técnicos e metodológicos que tem como objetivo manter a integridade física dos itens e peças em diferentes estágios, minimizando e/ou estabilizando os processos de deterioração.

 

Texto: 1º Sargento BFT Breno Fazoli

Fotografia: 1º Sargento BFT Breno Fazoli e 1º  Sargento BFT Israel Almeida

O Dia do Bibliotecário é comemorado no dia 12 de março. A data foi instituída pelo Decreto nº 84.631, de 12 de abril de 1980, com efeitos em todo o território nacional.

O bibliotecário é o profissional formado em biblioteconomia e que trabalha para o progresso cultural do país. Ele faz o gerenciamento das bibliotecas, o que compreende uma série de tarefas, dentre as quais a catalogação e indexação de obras, manutenção de sistemas informáticos, apenas para citar alguns.

Origem do Dia do Bibliotecário

A data é comemorada no dia 12 de março por essa ser o dia do nascimento de Manuel Bastos Tigre (1882 - 1957), que é considerado o primeiro bibliotecário concursado do Brasil.

Depois de trabalhar durante muitos anos na Biblioteca Central da Universidade do Brasil, Bastos Tigre assumiu a direção da biblioteca, cujo cargo exerceu mesmo depois de aposentado.

Engenheiro, o nosso homenageado foi escritor, poeta, publicitário, além de bibliotecário, claro, entre outros. O tão conhecido slogan "Se é Bayer é bom" foi criado por ele.

Homenagem ao Dia do Bibliotecário

O Museu Aeroespacial faz questão de enaltecer o dia que celebra tão importante profissional, o qual é um dos sustentáculos da cultura!

"O bibliotecário não tem futuro! O bibliotecário é o futuro." (Camila Nogueira de Castro Ferreira - Pensador.com)

"Ao Bibliotecário não compete aceitar simplesmente ser um disseminador de informação, com profundos conhecimentos técnicos, mas, sobretudo, valer-se de novos métodos e instrumentos, para levar essa mesma informação ao usuário." (ima - Pensador.com)

Iniciativa integra ação conjunta que objetiva reforçar o combate ao novo Coronavírus

Foi inaugurado, nesta quinta-feira (22), o posto de vacinação contra a COVID-19 no Museu Aeroespacial (MUSAL), sediado na Guarnição de Aeronáutica dos Afonsos (GUARNAE-AF). A iniciativa faz parte de uma ação integrada entre a Força Aérea Brasileira (FAB), Comando Conjunto Leste (CCj Leste) e a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (RJ).

A abertura do posto de vacinação representa um reforço às ações do CCj Leste e a Cidade do Rio de Janeiro, em apoio à vacinação da população. Seu funcionamento acontecerá de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, e aos sábados, das 08h às 12h, no Museu Aeroespacial (MUSAL). O atendimento ocorrerá na modalidade Drive-Thru e, simultaneamente, os visitantes poderão apreciar parte do acervo de aeronaves do MUSAL que estará exposto no Hangar 5.
Moradora do bairro de Guadalupe, Marlene Maria dos Santos Marques, 60 anos, foi a primeira a ser vacinada no Drive Thru do Campo dos Afonsos. Ela conta sua alegria em ter sido imunizada. “Foi muito bom tomar a vacina, pois eu estava há muito tempo na expectativa. Agora aguardo para tomar a segunda dose”, relata.

O funcionamento do posto segue o calendário previsto no plano de vacinação estipulado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio), incluindo grupos, faixa etária, doses de vacinas e todos os protocolos sanitários vigentes. A capacitação das equipes de militares que atuam nos postos de vacinação foi realizada pela SMS-Rio, com o apoio de hospitais, clínicas e centros de saúde do município.

Estiveram presentes na inauguração o Comandante do Comando Conjunto Leste, General de Exército José Eduardo Pereira; o Comandante da 1ª Divisão do Exército, General Kleber Nunes de Vasconcellos; o Comandante do Comando Aéreo Leste, Major-Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros; o Diretor de Saúde da Aeronáutica, Major-Brigadeiro Médico Walter Kischinhevsky; o Comandante da Brigada de Infantaria Pará-quedista, General de Brigada Helder de Freitas Braga; o Comandante da Universidade da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Lélio Walter Pinheiro da Silva Júnior e o Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz.

 

          No dia 24 de março, em solenidade reservada e cumprindo todos os protocolos do Comando da Aeronáutica e Autoridades Sanitárias previstos para o atual momento de pandemia do vírus SARS-COV-2, o Museu Aeroespacial (MUSAL) realizou a Cerimônia Militar alusiva à Despedida por Aposentadoria de Servidor Civil e Imposição de Condecoração.

          Na Cerimônia presidida pelo Diretor do MUSAL, Brigadeiro do Ar R/1 Mauricio Carvalho Sampaio, prestou-se a justa e oportuna homenagem por ocasião da aposentadoria do Servidor Civil JOSÉ FERNADEZ DE MACEDO. Após a leitura do seu extenso currículo de realizações em prol da Força Aérea Brasileira, ao longo dos seus mais de 37 anos de serviços dedicados exclusivamente ao MUSAL, o Diretor do Museu, juntamente com os filhos do homenageado, fez a entrega de um quadro que reproduz um dos seus trabalhos artísticos de maior destaque.

       Logo em seguida ao ato de despedida por aposentadoria, ocorreu a imposição da Medalha Eduardo Gomes à Segundo Sargento SAD Amanda Cristine Fabre Pinheiro. Esta condecoração é concedida aos militares que obtenham destaques em determinados cursos próprios da Força Aérea Brasileira, sendo que a Sargento Amanda se consagrou como primeira colocada no Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos da 2ª Turma do ano de 2020.

       Já ao final da solenidade, o Brigadeiro Sampaio fez uso da palavra, parabenizando e ressaltando a importância do reconhecimento aos homenageados, destacando o comprometimento e o empenho com que desempenharam e ainda desempenham suas funções, servindo de exemplos para seus pares e subordinados.

 

 Texto: 1º Sargento Breno Fazoli

Revisão: Cel Av R/1 Sarandi

Fotografia: Civil Gastão

 

Nesta última segunda-feira, 08 de março de 2021, em seu auditório, o Museu Aeroespacial promoveu para seu efetivo feminino uma palestra em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

A Dra. Marli Gama, Nutricionista Clínica e Especialista em Emagrecimento Feminino, foi a responsável pela apresentação intitulada “Espelho, espelho meu”, que abordou os efeitos causados pelo aumento da ansiedade por conta da pandemia e seus resultados no corpo e na mente feminina, bem como orientou sobre alimentos que combatem essa condição mental nociva, além de realizar um exercício de relaxamento para diminuir a ansiedade.

Ao término da palestra, o Diretor do MUSAL, Brigadeiro do Ar Mauricio Carvalho Sampaio, enalteceu a importância familiar e funcional das mulheres, aproveitou ainda para agradecer a palestrante pela brilhante explanação e a presenteou com um exemplar do livro “História da Força Aérea”.

Ainda como forma materializar a singela homenagem àquelas que se vestem de competência no trabalho cotidiano, o Diretor do MUSAL fez a entrega de um botão de rosa juntamente com um cartão alusivo ao dia.

O Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa que foi oficializada pela Organização das Nações Unidas na década de 1970. Essa data simboliza a luta histórica das mulheres para terem suas condições equiparadas às dos homens. Inicialmente, essa data remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas, atualmente, simboliza a luta das mulheres não apenas contra a desigualdade salarial, mas também contra o assédio e a violência e outras equiparações.

 

 

Fim do conteúdo da página