Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Slideshow > MUSAL INAUGURA NOVA EXPOSIÇÃO
Início do conteúdo da página

Como parte das comemorações do Centenário da Primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul (TAAS), hoje (24/jun/2022), o Museu Aeroespacial recebeu a honrosa visita do Tenente-Brigadeiro do Ar R/1 Rafael Rodrigues Filho, Diretor do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), e da Comitiva Aeronaval Portuguesa, os quais participaram de cerimônia de lançamento da exposição “Por ares nunca d’antes navegados”.

Esta exposição tem por objetivo enaltecer e elucidar o feito dos aeronautas portugueses, Gago Coutinho e Sacadura Cabral, idealizadores e realizadores deste verdadeiro marco na história da aviação mundial, uma vez que, em uma época ainda tão prematura para este setor, esses verdadeiros heróis voaram de Lisboa ao Rio de Janeiro, sem grandes recursos tecnológicos, a bordo do hidroavião modelo Fairey III-D. A travessia de aproximadamente 4500 milhas náuticas durou mais de 60 horas de voo, tendo sido iniciada em 30 de março de 1922 e finalizada em 17 de junho do mesmo ano.

A Comitiva Portuguesa foi composta pelo Tenente-General Manuel Fernando Rafael Martins, Presidente da Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea Portuguesa; Tenente-General Piloto Aviador Antônio Carlos Mimoso e Carvalho, Assessor da Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea Portuguesa; Vice-Almirante Antônio Manuel de Carvalho Coelho Cândido, Vice-Chefe do Estado Maior da Armada Portuguesa; Coronel Carlos Antônio Mouta Raposo, Diretor do Museu do Ar; Capitão-de-Mar-e-Guerra João Pedro Maurício Barbosa, Chefe da Divisão de Relações Externas do Estado-Maior da Armada Portuguesa; Capitão-de-Mar-e-Guerra Manuel Francisco Silveirinha Canané, Adido de Defesa Junto à Embaixada de Portugal no Brasil; Capitão-de-Fragata Hugo Miguel Batista Cabral, Comandante da Esquadrilha de Helicópteros.

Durante a visita à nova mostra, observando um dos painéis da mesma, Tenente-General Manuel Fernando Rafael Martins, Presidente da Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea Portuguesa, enalteceu que: “[...] Como lhe é peculiar e de maneira entusiástica, na chegada ao Brasil, o povo brasileiro recebeu nossos bravos pioneiros portugueses, Gago Coutinho e Sacadura Cabral, de maneira única e com muitas comemorações”.

Em aproveitamento a oportunidade da visita da Comitiva Portuguesa, foi realizada uma importante reunião de interação da Direção do Museu Aeroespacial com o Diretor do Museu do Ar de Portugal. Muita informações cruciais foram trocadas a respeito da parte administrativa; restauração e conservação de acervos; planos e formas de divulgação das Instituições e da História da Aviação; e assuntos pedagógicos e sobre acessibilidade.

“Certamente, esta reunião possibilitou um grande intercâmbio, além de estreitar os laços entre essas Instituições tão expressivas para a História da Aviação Mundial” - como ressaltou o Brigadeiro do Ar R/1 Mauricio Carvalho Sampaio, Diretor do MUSAL.

 

Fim do conteúdo da página