Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Banco de Sangue
Início do conteúdo da página

No HAAF o candidato à doação de sangue é atendido pela recepção do Banco de Sangue, onde funciona o serviço de coleta. Passará, então, por algumas etapas até chegar à doação propriamente dita.

a)      Cadastro

 Será preenchido um cadastro do candidato à doação mediante apresentação de documento de identidade. O candidato receberá número de Pessoa Física e, a cada doação, um novo número de triagem.

 A secretaria do Banco de Sangue está disponível para identificação dos candidatos de 2ª a 6ª feira, de 07:30hs às 11:30hs.

b)     Triagem

Tipo

Distribuição na População

RH NEGATIVO (-)

RH POSITIVO (+)

O

45%

De 07% a 09%

De 36% a 38%

A

42%

De 06% a 08%

De 34% a 36%

B

10%

De 01% a 02%

De 08% a 09%

AB

03%

De 0,5% a 01%

De 2,5% a 03%

Total

100%

De 15% a 20%

De 80% a 85%

 É importante ressaltar que todos os tipos de sangue são úteis e insubstituíveis. Portanto,  conforme tabela acima, observa-se que as pessoas que possuem tipos de sangue RH NEGATIVO são raras e por isso estes tipos de sangue estão sempre em falta nos serviços de hemoterapia.

c)      Coleta

 Após o candidato à doação passar pela triagem médica, o mesmo será submetido a uma entrevista e, em seguida, será encaminhado à realização da coleta do sangue.

d)     Fracionamento

 A bolsa de sangue será fracionada onde se separará as hemácias do plasma e, posteriormente, as plaquetas. As hemácias serão utilizadas para algumas indicações específicas, o plasma para fatores de coagulação e as plaquetas para reposição das contagens plaquetárias.

e)      Imunohematologia

 Ao colher o sangue do doador, são colhidos também 4 (quatro) tubos de sangue para realização dos exames, sendo em um deles efetuado o procedimento imunohematológico, que consiste na realização da tipagem do doador e pesquisa de anticorpos irregulares, procedimentos importantes para liberação da bolsa de sangue.

f)       Sorologia

 O sangue do doador será analisado sorologicamente e passará por testes específicos que detectarão quaisquer anormalidades no sangue, antes de ser liberado para a utilização em pacientes.

 A Sorologia do Banco de Sangue é enviada para o Hemorio, o qual é responsável por analisar as amostras e liberar os resultados obtidos para o Banco de Sangue do HAAF.

  • REQUISITOS BÁSICOS PARA DOAR SANGUE

    - Portar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho certificado de reservista ou carteira do conselho profissional)
    - Estar bem de saúde
    - Ter entre 16 (*) e 69 anos, 11 meses e 29 dias (*) jovens com 16 e 17 anos podem doar com autorização dos pais e / ou responsáveis legais.
    - Pesar no mínimo 50 Kg
    - Não estar em jejum. Evitar apenas alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação

 

  • ALGUMAS SITUAÇÕES QUE IMPEDEM PROVISORIAMENTE A DOAÇÃO DE SANGUE:

    - Febre - acima de 37°C
    - Gripe ou resfriado
    - Gravidez atual (90 dias após o parto normal e de 180 dias após a cesariana)
    - Amamentação (até 1 ano após o parto)
    - Uso de alguns medicamentos
    - Anemia
    - Cirurgias
    - Extração dentária 7 dias
    - Tatuagem: 01 ano sem doar
    - Vacinação: o tempo de impedimento varia de acordo com o tipo de vacina
    - Transfusão de sangue: impedimento por 01 ano

 Para maiores informações, favor entrar em contato pelo telefone: 3289-6763

Fim do conteúdo da página