Ir direto para menu de acessibilidade.
ptenfres
Página inicial > Últimas Notícias > CENIPA atualiza ranking brasileiro de severidade relativa de espécie de fauna
Início do conteúdo da página

RANKING BRASILEIRO DE FAUNA 2022 capa

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) publicou em sua página na internet (https://www2.fab.mil.br/cenipa) a atualização do Ranking Brasileiro de Severidade Relativa de Espécies de Fauna. No Estudo, elaborado por Weber Galvão Novaes e publicado na revista Conexão SIPAER, foram considerados os dados de colisões reportadas ao CENIPA entre os anos de 2011 e 2020, obtidos no Sistema de Gerenciamento de Risco Aviário [SIGRA].

Os critérios para elaboração do ranking foram as proporções de colisões com dano, de colisões com dano maior e de colisões com efeito no voo em relação ao total de colisões para todas as espécies de fauna. Urubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus), cachorro-doméstico (Canis lupus familiaris) e albatroz (Família Diomedeidea) foram ranqueadas como 1º, 2º e 3º, respectivamente, na composição do ranking de severidade relativa das espécies. Em geral, as espécies ranqueadas nas primeiras posições possuem maior tamanho corporal.

Esses resultados apresentam informações relevantes para que os operadores de aeródromo tomem decisões adequadas na priorização de ações no gerenciamento desse risco. É fundamental que os dados apresentados neste Ranking sejam utilizados em conjunto com informações obtidas no sítio aeroportuário, por meio de monitoramentos de fauna e acompanhamento das ocorrências aeronáuticas. Desse modo, as medidas mitigadoras adotadas serão mais eficientes e eficazes à realidade de cada aeródromo.

Fim do conteúdo da página