Ir direto para menu de acessibilidade.
ptenes
Página inicial > Últimas Notícias > Aeronáutica abre terceiro dia na mostra do Prêmio de Qualidade Amazonas
Início do conteúdo da página

mostra pqa 1Com seu modelo de gestão posto no desafio ao troféu 500 pontos pelo segundo ano, o Sétimo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) abriu o terceiro e último dia de apresentações do Prêmio de Qualidade Amazonas, nesta sexta-feira, 5, expondo o modelo de gestão implementado para desenvolver as ações de planejar, gerenciar, controlar e executar atividades relacionadas com a investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos.

O Tenente Coronel Aviador Antonio Carlos Neves Trigueiro, Chefe da Organização, iniciou a apresentação com o vídeo institucional da Unidade. Após, discorreu sobre “quem somos”; os serviços prestados; formas de trabalhar a liderança; Estratégias e Planos; identificou os Cidadãos Usuários; abordou sobre a interação do Serviço com a sociedade; descreveu a forma que as informações e conhecimentos são trabalhados; apresentou como ocorre a gestão de pessoas na OM; e descreveu os processos geridos pela Organização Militar.

Atuante no âmbito da aviação civil em sua área de jurisdição, a Amazônia Ocidental, que integra os estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Roraima, a organização tem se desafiado na categoria 500 pontos desde 2020, saindo da avaliação inicial (250) destinada a instituições públicas que se iniciam em práticas de gestão. A organização pública agora compete com as instituições, em estágios intermediários, que possuam práticas de gestão em implementação, implementadas ou disseminadas e que tenham interesse em conhecer o grau de maturidade da instituição.

No Comando da Aeronáutica (COMAER), o SERIPA VII está subordinado operacionalmente ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) e administrativamente à Base Aérea de Manaus (BAMN). Com o objetivo de direcionar esforços, a capacidade preventiva e investigativa, além de nortear as ações de seu efetivo, o Chefe do Serviço Regional, Ten Cel Trigueiro, explicou que, quinzenalmente, são realizadas reuniões funcionais que abordam todas as ações correntes e planejamentos necessários para a consecução dos objetivos e planos de ação propostos com vistas ao atendimento das metas de curto, médio e longo prazo.

mostra pqa“Todas as seções e assessorias do SERIPA VII são responsáveis pelo monitoramento, análise, avaliação e desempenho dos indicadores, conforme o estabelecido no Programa de Trabalho Anual (PTA). Assim, mensalmente, os indicadores de desempenho são atualizados no Sistema de Gerenciamento de Projetos (GPAER) bem como são realizadas as reuniões para críticas de desempenho dos indicadores do PTA, conforme calendário de análise crítica dos indicadores”, comentou.

Com evolução na gestão e nas práticas desafiadas pelo PQA, ao longo dos três anos de participação da organização, a coordenadora do Prêmio Qualidade Amazonas (PQA), Erlen Montefusco, ressalta o desempenho do SERIPA VII para mensurar a prevenção e o mapeamento dos fatores contribuintes nas ocorrências aeronáuticas, além do entendimento, ao longo dos anos, de possíveis melhorias dentro da gestão que impactam no Serviço Regional.

Fim do conteúdo da página