Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

“O que mais me chamou a atenção foi o fato de ser um dia de outubro atipicamente Cavok”. Com essas palavras, o Coronel Aviador Marcelo Gobett Cardoso nos conta um pouco da experiência em ser um dos doze pilotos da Esquadrilha da Fumaça a participar da quebra do recorde mundial, utilizando um termo da aviação para se referir a um céu com boas condições de visibilidade e teto das nuvens.

Com dois dias de evento e cerca de 60.000 pessoas, a Esquadrilha da Fumaça participou, neste sábado e domingo, do Musal Airshow, na capital fluminense. O local do evento, o Museu Aeroespacial, é o berço da aviação militar no país e é, também, onde o Esquadrão teve a sua origem, há 67 anos.

Por conta das celebrações do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira (FAB), a FAB realiza no mês de outubro uma série de eventos Portões Abertos em suas unidades, espalhadas pelo território nacional. Nos dias 26 e 27 de outubro, o calendário de 2019 desse evento se encerra no Museu Aeroespacial, localizado na cidade do Rio de Janeiro, com participação da Esquadrilha da Fumaça em ambos os dias.

No final de semana dos dias 19 e 20, a Esquadrilha da Fumaça participa de dois Portões Abertos da Força Aérea Brasileira (FAB), nas cidades de São José dos Campos/SP e na capital Paulista. Os eventos têm entrada gratuita e programação ao longo dos dois dias.

Nesta sexta-feira (4), a Esquadrilha da Fumaça abre a sua agenda de outubro com uma demonstração na cidade de Uberlândia/MG. A agenda do final de semana segue com apresentações nas cidades de Araguari/MG e Brasília/DF. Ao todo, a equipe realizará sete demonstrações aéreas no mês de outubro, que inclui em seu calendário também cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

O público chegou cedo à Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), para o tradicional evento aeronáutico Portões Abertos, no domingo (15/09). Com programação aérea desde o início da manhã até o final do dia, o evento, que há mais de 40 anos atrai interessados em conhecer as atividades e equipamentos da Força Aérea Brasileira (FAB), reuniu mais de 70 mil pessoas.

Fim do conteúdo da página