Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

No próximo final de semana, as aeronaves da Esquadrilha da Fumaça vão animar os Portões Abertos de São José dos Campos e de São Paulo. As demonstrações serão feitas com sete aviões A-29 Super Tucano. Os eventos têm como missão aproximar a população das instituições militares e mostrar um pouco do trabalho dos integrantes da Força Aérea Brasileira.  

Cerca de 60 mil pessoas prestigiaram o “Domingo Aéreo” no último domingo, dia 13 de agosto, que teve como tema a comemoração do aniversário de 65 anos da Esquadrilha da Fumaça. Mais de vinte atrações brasileiras fizeram parte da programação do evento, como apresentação de pilotos civis de acrobacias, voo da réplica do 14 Bis, exposição estática de aviões, como do T-25 e T-27 usados na instrução de cadetes, e do KC-390, o  maior avião de transporte militar fabricado no Brasil, além de estandes sobre vários temas relacionados ao militarismo e à Força Aérea Brasileira.

O aniversário de 65 anos da Esquadrilha da Fumaça será tema do “Domingo Aéreo” da Academia da Força Aérea (AFA) no dia 13 de agosto. O evento terá atrações de equipes brasileiras e, inclusive, internacional, com a presença do grupo de acrobacias da Força Aérea do Chile, os Halcones. Os portões serão abertos a partir das 7h, e as apresentações começam às 9h.

Em dois C-130 Hércules da Força Aérea do Chile, a equipe de 32 militares da esquadrilha acrobática chilena Halcones chegou a Pirassununga/SP, na pista da Academia da Força Aérea (AFA), na tarde deste domingo, dia 6 de agosto. O líder dos Halcones, Capitão Joseph Suez Fadic, afirmou sobre a importância da participação dos Halcones em um evento brasileiro. “Viemos ao Brasil com a intenção de ajudar os amigos da Fumaça a cumprir a função de estimular os jovens a seguirem a carreira da aviação, uma vez que também possuímos esta nobre missão. Durante muitos anos, temos essa ligação com a Esquadrilha, pois participamos de eventos que eles convidam, e eles participam dos nossos também, de forma recíproca. Pretendemos realizar um grande espetáculo no Domingo Aéreo em homenagem aos 65 anos da Fumaça, mostrando todo o profissionalismo dos pilotos e dos graduados da Força Aérea do Chile”.   

Foram 28 dias em circuito e 14 demonstrações realizadas na Colômbia e em mais quatro estados brasileiros entre os dias 6 de julho e 4 de agosto de 2017. Ao todo, a equipe percorreu cerca de 10.500 quilômetros com 8 aeronaves A-29 Super Tucano e aeronaves de apoio do Esquadrão Gordo e Esquadrão Cascavel com os seus C-130, e com o Esquadrão Arara e o seu C-105.

Duas demonstrações da Esquadrilha da Fumaça marcaram o retorno do Esquadrão ao Brasil, após as demonstrações na Colômbia. No dia 20, a equipe se apresentou na capital do Amazonas, Manaus, e no dia seguinte, no interior do estado, em Manicoré. As demonstrações fazem parte do "Circuito Colômbia, Norte / Centro-Oeste" que ocorrem desde o dia 6 de julho.

Fim do conteúdo da página