Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

A agenda 2018 de demonstrações da Esquadrilha da Fumaça está se aproximando do seu fim, mas outubro ainda guarda sete apresentações previstas, sendo quatro delas na semana do feriadão, pelo interior do estado de São Paulo.

Um público que surpreendeu e lotou o pátio de operações do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa (PAMA-LS). Nas estradas, carros de Belo Horizonte, a pouco mais de 30km de distância, e de toda a região metropolitana faziam fila para acessar os Portões Abertos, que teve início às 9h e contou com atrações durante todo o dia.

Foram seis anos de espera e muitos pedidos recebidos para que a Esquadrilha da Fumaça retornasse para a região metropolitana da capital mineira. E esse reencontro acontecerá neste domingo, dia 30 de setembro, nos Portões Abertos 2018 da Guarnição de Aeronáutica de Belo Horizonte, que ocorrerá no Parque de Material Aeronáutico (PAMA-LS), em Lagoa Santa (MG), a pouco mais de 30km de BH. A última demonstração na região ocorreu em 2012, ainda com os T-27 Tucano, na Pampulha, antigo local onde se encontrava o CIAAR. 

Ser selecionado para compor a equipe da Esquadrilha da Fumaça é um dos pontos altos da carreira do piloto da Força Aérea Brasileira que opta ser candidato a uma vaga. Após ingressar na equipe, ainda que seja um piloto experiente, é necessário realizar o curso de Piloto Operacional de Demonstração Aérea (PODA) para poder voar nas apresentações aéreas da Fumaça. Concluir esse curso, portanto, é outro grande marco na carreira, pois, a partir da sua conclusão, se torna apto a voar em demonstrações para os públicos no Brasil e no mundo. Selecionados em 2017 para compor a equipe a partir de 2018, os pilotos Capitão Rafael Grothe e Capitão Renan Santoro concluíram os seus cursos e agora são considerados operacionais nas posições #2 e #3, respectivamente. 

Foi um final de semana agitado para mais de 90.000 pessoas nos Portões Abertos da Ala 2 e da Ala 5, com duas demonstrações no final de semana do feriadão do Dia da Independência. Após desfile aéreo e demonstração na capital, Brasília/DF, a Esquadrilha da Fumaça seguiu no centro-oeste do Brasil, realizando uma demonstração em Anápolis/GO no dia 8 e uma em Campo Grande/MS no domingo, dia 9 de setembro. 

Com a responsabilidade de abrir as atrações do tradicional desfile do dia 7 de setembro em comemoração a independência do Brasil na capital federal, logo após a autorização para o início do evento pelo Presidente da República Michel Temer, a Esquadrilha da Fumaça iniciou as atividades a 2,5 quilômetros de altura: sobre a Esplanada dos Ministérios, com a escrita em fumaça "Pátria amada... Brasil!", ao término do hino nacional, o público pode testemunhar o marco do início do desfile, que durou cerca de duas horas e contou com a participação de diversas instituições representando a sociedade civil, as forças armadas e organizações de segurança pública.

Fim do conteúdo da página