Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Aeronaves > Aeronaves > Xingu - EMB-121 | EMBRAER
Início do conteúdo da página


 

 Assista a uma decolagem da aeronave

 

 

O Embraer EMB-121 é um avião turbo-hélice com capacidade para 2 tripulantes e 9 passageiros, destinado ao transporte regional. Seu desenho teve como base o EMB-110 “Bandeirante”, com o mesmo tipo de asas e motores, e foi utilizado no desenvolvimento do projeto do EMB-120 “Brasília”. Voou pela primeira vez em 10 de outubro de 1976 e uma versão modificada (EMB-121A1 Xingu II) foi produzida a partir de 1981. A Embraer produziu 106 unidades até 1987, das quais 51 foram exportadas.

A Força Aérea Brasileira operou seis aeronaves VU-9 “Xingu” de 1978 a 2010, em missões de transporte de autoridades, sendo que em 1983 estas foram modificadas para o padrão “Xingu II”. O exemplar em exposição (matrícula FAB 2654) foi desativado em 2010 e incorporado ao acervo do Museu Aeroespacial em 04 de agosto de 2011.

 

Especificações Técnicas  
Fabricante: Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. - EMBRAER – Brasil.
Motor: 2 turbo-hélices Pratt & Whitney PT6A-28 de 680 s.h.p.
Desiginação Militar: VU-9
Comprimento: 12,25 m
Envergadura: 14,45 m
Altura: 4,74 m
Peso Vazio: 3.500 kg.
Velocidade Máxima: 450 km/h
Alcance: 2.352 km.
Armamento: --

 

Fim do conteúdo da página