Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Notícias da EPCAR > EPCAr sedia Curso de Padronização de Instrutores de Doutrina Militar
Início do conteúdo da página

No período de 7 a 11 de novembro a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr) sediou o Curso de Padronização de instrutores de Doutrina Militar.

O treinamento tem objetivo de capacitar militares que atuam na formação doutrinária militar, para o desenvolvimento do perfil ético, moral, cívico e social dos alunos e cadetes das escolas de formação voltadas para o oficialato.

Participaram do curso 48 militares no total, sendo 2 militares representantes do Colégio Naval, 4 militares da Escola de Formação complementar do Exército e da Escola Preparatória de Cadetes do Exército , além de militares das escolas de formação da Força Aérea Brasileira (FAB) como a Academia da Força Aérea (AFA) , o Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR) e o Centro de Preparação de Oficiais da Reserva de São José dos Campos (CPORAER-SJ). Também realizaram o curso militares do Corpo de Alunos da EPCAR.

O curso idealizado pelo Departamento de Ensino da Aeronáutica (DEPENS) tem a finalidade de atender as necessidades de treinamento e aperfeiçoamento também visando a entrada do gênero feminino na EPCAr em 2017.

O Major Aviador Wllices Dantas de Carvalho, Chefe da Subdivisão de Doutrina Militar do DEPENS, avalia a contribuição do treinamento para a formação dos futuros oficiais:

“ O curso tem o objetivo de conversar, compartilhar opiniões e padronizar linhas de ação, pensamentos doutrinários, e em termos de filosofia de formação. De maneira que contribua para as necessidades que as escolas tem de conversar sobre o assunto. Militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro estão presentes porque entendemos ser importante apreender das outras forças os ensinamentos que carregaram ao longo dos anos. Entendemos que a EPCAR está num momento de transição de cultura e a entrada de um elemento diferenciado dentro de um modelo já estabelecido vai provocar uma mudança de cultura organizacional. Para que a gente padronizasse a maneira como a chegada do gênero feminino na Escola vai ser abordado e a profissionalização da maneira de abordagem o Departamento de Ensino decidiu trazer o curso para EPCAR.” concluiu

Para o Tenente José Francisco Modesto atual Chefe da Comunicação Social do CPORAER-SJ o curso foi uma oportunidade de reciclar os assuntos e adquirir novos conhecimentos.

“Sem dúvida o Curso de Preparação de Instrutores de Doutrina Militar é muito importante no sentido de propiciar ao instrutor uma elevação qualitativa na atividade de ensino militar, respaldado nos consagrados valores éticos que consubstanciam a profissão das Armas. Este curso é a gênese de profundas transformações que ainda serão vislumbradas; uma ideia piloto, mas desde já o emprego dos conceitos ora transmitidos proporcionarão sensível aprimoramento da instrução, não apenas nas Escolas da Força Aérea, mas em todas as Organizações que formam militares dos diversos graus hierárquicos.
O ineditismo trás consigo uma gama de desafios e responsabilidades. Por certo é mister a preparação e o comprometimento de todo efetivo com o escopo de propiciar o ingresso e a formação das alunas de forma natural, conforme acontece com os demais alunos. Com efeito, a EPCAR, tradicional educandário de comprovada excelência no ensino militar, está preparada para levar a bom termo essa missão. Estou convicto do sucesso desta empreitada: ao final de três anos entregaremos para a Academia da Força Aérea jovens cadetes, moldadas nos altos níveis de proficiência acadêmica-militar, forjadas nos valores morais que permeiam a vida castrense.” afirma

Fotos: 3S Matheus Mello e S2 Adriano Barbosa

Fim do conteúdo da página