Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Organizações Sediadas
Início do conteúdo da página

Esquadrão de Demonstração Aérea

Criado em 1952, o Esquadrão de Demonstração Aérea, também conhecido como “Esquadrilha da Fumaça”,é responsável pela divulgação da Força Aérea Brasileira (FAB) em território nacional e internacional. Sua sede se localiza na Academia da Força Aérea(AFA), na cidade de Pirassununga.
  Composta  por 13 pilotos altamente treinados e capacitados, a Esquadrilha da Fumaça operou por 30 anos com a aeronave T-27 Tucano, projetada e fabricada pela Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), e realizou, em média, 100 demonstrações por ano. Em cada uma delas, o público pode acompanhar uma série de 55 acrobacias de alta performance que incluía o voo de dorso, especialidade da equipe fumaceira. Em 2006, a Fumaça alcançou o recorde mundial na especialidade em formação de dorso, voando com 12 aeronaves.


Com mais de 3700 demonstrações realizadas no Brasil e no exterior, a Fumaça representa a oportunidade para milhares de pessoas estabelecerem contato, de maneira emocionante e inesquecível, com a Força Aérea Brasileira, passando a respeitá-la e admirá-la pela capacidade dos profissionais que a representam.Além da equipe composta por pilotos, a Esquadrilha conta com uma equipe de graduados especialistas, responsáveis pela manutenção dos aviões, que são chamados Anjos da Guarda. Esses profissionais garantem a segurança, a eficiência e a disponibilidade das aeronaves. Além dos oficiais aviadores, o Esquadrão possui também três oficiais de Comunicação Social, um oficial médico e um oficial especialista em manutenção de aeronaves.


 A partir de 2013 iniciou o processo de implantação da sua nova aeronave, o A-29 Super-Tucano e, em julho de 2015, iniciou as demonstrações com essa aeronave, também fabricado pela Embraer.   Concebida para ser uma aeronave de ataque leve e treinamento avançado, é a mesma aeronave utilizada no policiamento do espaço aéreo brasileiro por alguns Esquadrões de Caça da FAB, além da instrução dos novos aspirantes da aviação de caça. Mais moderna e compatível com o atual contexto tecnológico, representa o início de uma nova era caracterizada pela inovação e pelo progresso.

Reconhecida mundialmente, a Esquadrilha representa o Brasil nos principais eventos aeronáuticos, tendo demonstrado em diversos países: Alemanha, Argentina, Bolívia, Canadá, Chile, Colômbia, Egito, Equador, Estados Unidos, França, Guatemala, Guiana, Honduras, Inglaterra, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Fazenda da Aeronáutica

Escudo português, com o chefe diminuto, em prata (branco), tendo à destra o gládio alado, em jalne (amarelo), símbolo do Comando da Aeronáutica e, à sinistra, a sigla da Organização, “FAYS”, em sable (preto).
Campo em goles (vermelho), enxadrezado, em blau (azul-ultramar).
No cantão destro do chefe, aparece uma coruja estilizada em prata (branco), simbolizando a preservação da fauna existente na região onde se situa a Unidade, e no cantão sinistro do chefe a silhueta de um trator em prata (branco), retratando a agricultura desenvolvida, também, pela Unidade.
No abismo, visualiza-se a folha de acanto, em jalne (amarelo), representando o Quadro de Intendência.
No cantão destro da ponta, encontra-se a delineação frontal de um gado bovino, em prata (branco), denotando uma das atividades peculiares da Fazenda, qual seja, o cultivo da pecuária. E no cantão sinistro da ponta, uma árvore estilizada, também em prata (branco), expressando o pomar pertencente à Fazenda de Aeronáutica de Pirassununga. Em contrachefe, aparece uma faixa, em prata (branco), contendo a inscrição “ACTUM TEMPUS REGIT”, cujo significado é “A AÇÃO FAZ O TEMPO”.
Contorna o escudo um filete em jalne (amarelo), caracterizando o nível de Comando da Organização: Oficial Superior.

DTCEA-YS

O Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de Pirassununga, DTCEA-YS, iniciou suas atividades em agosto de 1960, ainda como Núcleo de Proteção ao Vôo, sob a chefia do 1S Q RT TE Nicanor Maurício. Sua chegada a Pirassununga coincide com a vinda do Destacamento Precursor da construção da atual Academia da Força Aérea.

 

 

 

CCAER

O Corpo de Cadetes, juntamente com a Divisão de Ensino da AFA, coordena os ensinamentos morais, científicos, militares e técnico-especializados que são ministrados por professores civis e instrutores militares, seguindo-se uma seqüência de conhecimentos, dentro de modernos moldes pedagógicos.

 

 

 

PAYS

A Prefeitura da Aeronáutica de Pirassununga é uma Organização Militar (OM) com autonomia administrativa, subordinada diretamente ao Comando da Academia da Força Aérea (AFA), responsável pelas Vilas Militares.

 

Fim do conteúdo da página