Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Com o término da II Guerra Mundial e com a experiência dela trazida, a Força Aérea enriqueceu-se com vários cursos e Escolas destinados ao aprimoramento de seus Oficiais.

Desse modo, com o objetivo de aperfeiçoar e preparar os Oficiais para a condução da Força Aérea Brasileira, foi criado, pelo Decreto nº 20.798, de 19 de março de 1946, o Curso de Estado-Maior, destinado à formação de Oficiais de Estado-Maior para a Força Aérea Brasileira.

Por não ter sede própria, o Curso funcionou, inicialmente, nos anos de 1946 e de 1947, nas instalações da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército, na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro.

No período de 26 de abril a 17 de agosto de 1946, exerceu a função de Diretor do Ensino do Curso de Estado-Maior da Aeronáutica, o Coronel Aviador Carlos Pfaltzgraff Brasil, quando então assumiu essa função o Coronel Aviador Luiz Leal Netto dos Reys.

Em 16 de dezembro de 1947, por meio do Decreto de nº 24.203, foi criada a Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).

Em 1948, a nova Escola passou a funcionar com sede própria e autonomia administrativa em dois prédios residenciais vizinhos: o primeiro, localizado na Rua Pereira da Silva, 34; e o outro, na esquina das Ruas Pereira da Silva com Laranjeiras, ambas localizadas no Bairro Laranjeiras, onde funcionava o Consulado do Japão, confiscado durante a II Guerra Mundial e entregue ao, então, Ministério da Aeronáutica.

Coube ao primeiro Comandante da ECEMAR, Brigadeiro do Ar Luiz Leal Netto dos Reys, a tarefa de organizar eficientemente a Escola, imprimindo ao seu ensino alto padrão de cultura militar e geral, que logo elevou a ECEMAR à situação de destacado prestígio.

Naquelas instalações, passaram a funcionar dois Cursos: o Curso de Estado-Maior, para os Oficiais Superiores dos postos de Major Aviador e Tenente-Coronel Aviador; e o Curso Superior de Comando, para Coronel Aviador, sendo este Curso requisito para promoção a Brigadeiro do Ar.

Em 19 de janeiro de 1953, com a presença do Senhor Presidente da República, Doutor Getúlio Dornelles Vargas; do Senhor Brigadeiro do Ar Nero Moura, Herói da II Guerra e Ministro da Aeronáutica; e de diversas autoridades, foi inaugurada a nova sede da ECEMAR, situada na Ponta do Galeão - Ilha do Governador, um dos berços da Aviação Brasileira.

Naquele local, a Escola funcionou até 1985, quando, pelos ditames da nova estruturação do Ministério da Aeronáutica, foi incorporada à Universidade da Força Aérea (UNIFA).

Em 11 de março daquele ano, com a presença do Senhor Ministro da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Délio Jardim de Mattos, foi inaugurada a atual sede da ECEMAR, no Lendário e Centenário Campo dos Afonsos.

A ECEMAR é a Organização Militar de ensino superior do Comando da Aeronáutica que tem por finalidade ministrar cursos de altos estudos militares a Oficiais da Força Aérea Brasileira, Oficiais de Nações Amigas e Civis.

Atualmente, funcionam, na ECEMAR, os seguintes Cursos:

a) Curso de Altos Estudos Militares - CAEM; e

b) Curso de Comando e Estado-Maior - CCEM.

Desde a sua criação, até o ano de 2019, inclusive, a Escola formou, em seus diversos Cursos, 16 Civis e 9.081 Oficiais Superiores, sendo 373 Oficiais de Nações Amigas.

Fim do conteúdo da página