Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

Devido aos acontecimentos no RS, o calendário das provas foi alterado para:

 

- 1ª CHAMADA: 02 JUL 2024;

- 2ª CHAMADA: 09 JUL 2024; e

- RECUPERAÇÃO: 16 JUL 2024.

 

- DIPLOMAÇÃO: 01 AGO 2024.      ⇐

 

Coordenação do CGAEM

 

No período de 08 a 12 de abril de 2024, os Oficiais-Alunos do Curso de Política e Estratégia Aeroespaciais (CPEA) tiveram a oportunidade de conhecer os principais projetos estratégicos em andamento no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), nos seus Institutos, bem como interagir com empresas da Base Industrial de Defesa (BID), pertencentes ao cluster aeroespacial da cidade de São José dos Campos – SP.

O CPEA que, atualmente, possui vinte e seis oficiais superiores da Força Aérea Brasileira e dois da Marinha do Brasil, visa aprofundar os conceitos e as habilidades para planejar o emprego do poder aeroespacial, nos níveis político e estratégico, com ênfase no setor espacial e no domínio cibernético, de modo a capacitar os coronéis, dos quadros com acesso ao generalato.

 

A comitiva liderada pelo Comandante da Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Helmer Barbosa Gilberto, foi recepcionada pelo Vice-Diretor do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar David de Almeida Alcoforado, acompanhado do Subdiretor de Administração, Brigadeiro do Ar Alexandre Daniel Pinheiro da Silva, e do Subdiretor Técnico, Brigadeiro do Ar Eduardo Alexandre Bacelar.

 

Durante a visita aos Institutos do DCTA, os Oficiais-Alunos puderam observar como a escala TRL / MRL (Technology Readiness Levels / Manufacturing Readiness Levels) é utilizada para a avaliação de uma tecnologia de acordo com seu grau de desenvolvimento e seu enquadramento em níveis de maturidade tecnológica.

 

Nesse sentido, o Parque de Inovação Tecnológica (PIT), localizado em São José dos Campos-SP é protagonista no desenvolvimento da região e do país, sendo um grande articulador para a criação de novas tecnologias, novos produtos e novos processos, a fim de promover a ciência, a tecnologia, a inovação e o empreendedorismo, visando ao desenvolvimento competitivo e sustentável. Dentre as empresas visitadas podem destacar a VISIONA, a SIATT e a AKAER.

 

Assim, a Viagem de Estudos permitiu aos Oficiais-Alunos interagir com empresas da Base Industrial de Defesa (BID), pertencentes ao cluster aeroespacial da cidade de São José dos Campos-SP, e compreender a importância da BID para o planejamento estratégico da FAB.

¨O que mais me chamou a atenção durante a viagem, não foram as pesquisas nas mais diversas áreas, apesar de todas serem muito relevantes ao futuro do Brasil, mas, sim, o entusiasmo contagiante com que eram apresentadas. Era nítida a percepção de que cada pesquisador sabia que com esforço e dedicação próprios superam os limites da ciência nacional. A Base Industrial de Defesa é fruto da fé na capacidade de superar desafios e no empreendedorismo de cada brasileiro¨, relatou o Coronel Intendente Robson Maso.

 Da mesma forma, os Oficiais-Alunos do CPEA tiveram a oportunidade de conhecer o Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (PRODES), o sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (DETER) e o Estudo e Monitoramento Brasileiro de Clima Espacial (EMBRACE), todos do Instituto Nacional de Pesquisas Nacionais, que tem por missão produzir ciência e tecnologia, operar sistemas, formar pessoas e oferecer produtos e serviços singulares e soluções inovadoras nas áreas do espaço exterior e do sistema terrestre, para o avanço e a difusão do conhecimento e o desenvolvimento sustentável, em benefício do Brasil e do mundo.

 

Por fim, foram visitadas as instalações da EMBRAER, tanto em São José dos Campos quanto em Gavião Peixoto-SP, oportunidade na qual puderam ver os projetos estratégicos de defesa nas linhas de montagem do KC-390 Millenium e do A-29 Super Tucano, além do desenvolvimento, produção, testes e simuladores do caça F-39 Gripen, no Gripen Design and Development Network (GDDN) e no Gripen Flight Test Center (GFTC), em parceria com a SAAB.

 

Sobre a visita ao centro de treinamento, vale destacar o relato do Coronel Aviador Rodrigo José Fontes de Almeida que “... após anos afastado das atividades aéreas, tive o privilégio de fazer um voo no simulador de missões operacionais do caça F-39 Gripen, no qual percebi várias aplicações no treinamento militar que ajudam sobremaneira a equipagem extrair todas as capacidades da aeronave e auxiliar no seu treinamento. Tenho certeza que os nossos caçadores estarão com suas habilidades adequadas para cumprir suas missões de manter a soberania do espaço aéreo brasileiro”.

 

 


 

Prezado Ex-Instutor da ECEMAR!

É sempre uma grata satisfação e uma honra manter o vínculo com todos os Instrutores da ECEMAR, de todos os tempos.

O legado de cada um dos senhores como Instrutores que forjaram os líderes da nossa Força Aérea ao longo de décadas é, indiscutivelmente, o alicerce daquilo que se tornou a Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica, uma instituição modelo onde se originam as doutrinas e o pensamento voltados para o Poder Aeroespacial.

Para mantermos sempre essa conexão com todos, solicitamos que atualizem seus contatos (especialmente telefone e email) e, assim, podermos enviar convites e outras informações de nossos eventos. Se estão atualizados, então está tudo certo.

Poderão utilizar o nosso email:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. para atualizar os seus dados.

Aproveitamos para reforçar nossa alegria e honra de tê-los sempre em nosso convívio, o que torna a Escola mais viva e admirada pelas novas gerações de Instrutores e Oficiais-Alunos que por aqui passam.

Respeitoso e cordial abraço.

            Assessoria do Comando - Comunicação Social       

    

A Academia de Guerra Aérea

Forjando líderes desde 1946

 

Fim do conteúdo da página