Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

       HOSPITAL DE AERONÁUTICA NO COMBATE AO COVID-19

 

       Militares da saúde do Hospital de Aeronáutica de Recife (HARF) seguiram na última segunda-feira para o Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, juntamente com militares do exército e marinha, para participar de um treinamento para atendimento a pacientes com COVID 19 com vistas ao desenvolvimento de habilidades técnicas necessárias ao desempenho prático das Equipes de Saúde.

       O HFA ofereceu por intermédio da Direção Técnica de Ensino e Pesquisa (DTEP) do Hospital das Forças Armada (HFA), atualmente sob a responsabilidade do Brigadeiro Médico Geraldo José Rodrigues, oportunidades de capacitação e aprimoramento.

       Os treinamentos ocorreram durante dois dias, com carga horária diária de oito horas. As turmas de médicos, fisioterapeutas e enfermeiros contaram com tecnologia de ponta, utilizando equipamentos de simulação avançado para o treinamento de habilidades necessárias à prática de saúde, nas áreas assistencial e operativa, sem a exposição de pacientes reais.

       Dentro da proposta de promover ensinamentos básicos e específicos para o combate ao coronavírus, foram ministradas aulas sobre o uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), sobre como operar o ventilador mecânico e realizar intubação em pacientes portadores de COVID-19.

      Como encerramento do curso o ex Secretário Nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, ministrou uma palestra sobre Emergência, doença, preparação e resposta ao COVID-19.

       A iniciativa integrou esforço do Governo Federal com o apoio do Centro de Coordenação de Logística e Mobilização (CCLM) do Ministério da Defesa coordenado pelo General Pafiadache, Comandos Conjuntos e Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) da Força Aérea Brasileira (FAB) chefiado pelo Brigadeiro Domingues no enfrentamento à pandemia que recebeu o nome de Operação COVID-19, possibilitando que todos estejam preparados para agir de forma mais otimizada, obtendo, assim, melhores resultados e minimizando perdas.

Hospital de Aeronáutica de Recife no combate ao COVID-19

 

  O Hospital da Aeronáutica de Recife (HARF) está realizando várias ações de enfrentamento ao novo coronavírus com o objetivo de preservar a tropa nas diversas atividades militares e manter a saúde da família militar.

Na unidade foi montada uma estrutura especial para o atendimento dos casos suspeitos de COVID-19, sem comprometer a assistência médica geral. Posto de Triagem, capacitações e atendimento on-line foram implementados para o período durante a pandemia.

 TRIAGENS

   Foi instalado na entrada do HARF um posto de triagem por meio de um sistema drive thru. A estrutura, especialmente montada durante a pandemia, tem o objetivo de atender todos que chegam na unidade para o correto direcionamento. O paciente, ainda no veículo, é abordado pela equipe de triagem devidamente paramentada.

De acordo com os sintomas, cada paciente é identificado com pulseiras específicas e, posteriormente, é encaminhado para o setor devidamente equipado,sendo isolado aquele paciente que apresentar sintomas sugestivos de COVID-19 em uma unidade a parte.

 

 CALL CENTER MÉDICO

  É ofertado atendimento médico diariamente para esclarecimentos aos pacientes com sintomas ou para tirar qualquer dúvida sobre algum problema de saúde. Dependendo do caso, os pacientes são orientados e direcionados ao atendimento presencial.

Existe um acompanhamento diário aos casos suspeitos e contactantes dos pacientes que passaram pela triagem e/ou emergência.

A equipe é formada por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas.Um destaque para a assistência psicológica on-line, realizada por psicólogos do HARF em parceria com o CINDACTA III atuando no suporte, escuta, acolhimento e orientação emocional da família militar durante esse período de isolamento social.

 

CAPACITAÇÃO DA EQUIPE

   Frente a possibilidade de aumento do número de doentes hospitalizados e com o objetivo de evitar o colapso da estrutura de saúde existente, houve aumento do número de leitos para atendimento exclusivo ao COVID-19, tanto na UTI quanto na internação. Ainda estão sendo realizados treinamentos intensivos para todos que estão diretamente envolvidos com os pacientes suspeitos ou confirmados, o que inclui desde os profissionais de saúde até os funcionários da limpeza. Temas abordados são: utilização de EPI, ventilação mecânica, intubação orotraqueal, protocolos de manejo clínico do paciente com COVID-19, fluxo de atendimento, protocolos de limpeza, entre outros. O objetivo é capacitar seu efetivo, visando proporcionar um atendimento seguro e de qualidade.

GABINETE DE CRISE

  São realizadas diariamente discussões com membros das divisões e a infectologista onde o Diretor do HARF, Coronel Médico Braga, repassa as atualizações vindas da Direção de Saúde (DIRSA) e da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). As ações de vigilância, prevenção e controle do COVID-19 são sempre as pautas, assim como, a preocupação em promover a excelência em atendimento, pelo aprimoramento e otimização dos recursos e meios.

 

 

Doações devem ser entregues na Secretaria da Direção do HARF.
 

Em abril estaremos iniciando uma corrente solidária da Família Aeronáutica buscando arrecadarmos alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal e de limpeza.

Essa arrecadação tem como objetivo atender as necessidades dos nossos militares.

1) MARCAÇÃO DE CONSULTAS:

 

Horários: no balcão: de segunda a sexta-feira - de 6h30 às 12h

e de segunda a quinta-feira - de 13h às 16h;

pelo telefone: 3644-7625, de segunda a sexta - de 7h às

12h e de segunda a quinta - de 13h às 15h.

 

2) CADASTRO OU ATUALIZAÇÃO DE PRONTUÁRIO:

 

No horário de atendimento do balcão trazendo os seguintes documentos:

1) Cópia da identidade ou da certidão de nascimento para os menores de 12 anos;

2) CPF; e

3) Ficha de Cadastro preenchida e assinada (disponível na SAME).

 

3) CONSULTAS:

 

O atendimento ambulatorial inicial será realizado por meio do PASIN (Programa de Assistência Integral à Saúde), regido e definido, pela ICA160-48, como a principal porta de entrada dos usuários nos Serviços Clínicos do SISAU.

O paciente que desejar atendimento ambulatorial nas clínicas de Pediatria e Puericultura, Ginecologia, Oftalmologia, Oncologia, Cirurgia Geral, Psiquiatria e Geriatria poderão agendar suas consultas, diretamente na SAME, sem encaminhamento prévio do médico do PASIN. Assim como nas Clínicas Odontológica e de Odontopediatria.

Para as demais clínicas médicas disponíveis no ES-NT: Anestesiologia, Cardiologia, Dermatologia, Infectologia, Endocrinologia, Neurologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia e Urologia, o agendamento da consulta ocorre apenas por encaminhamento do PASIN.

 

Atendimentos na Psicologia, Fonoaudiologia e Fisioterapia também necessitam de encaminhamento médico.

 

AJUDE-NOS A NÃO DESPERDIÇAR CONSULTAS

O PREJUÍZO TAMBÉM SERÁ SEU

 

IMPREVISTOS ACONTECEM, SE NÃO PUDER COMPARECER À SUA CONSULTA AGENDADA, FAVOR DESMARCAR PELO TELEFONE 3644-7669, BENEFICIANDO OUTRO PACIENTE.

Faltas não justificadas poderão ocasionar o bloqueio do seu prontuário para marcações futuras.

 

 

Edital de Credenciamento nº 01/GAPRF-HARF/2019 que trata da convocação de Organizações Civis de Saúde (OCS)

e Profissionais de Saúde Autônomos (PSA) para prestação de Serviços Hospitalares

 

Edital Download aqui.

Fim do conteúdo da página