Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > Em Manaus, SERIPA VII faz Reunião de Coordenação
Início do conteúdo da página

Reunião de CoordNo dia 27 de junho, o Sétimo Serviço Regional de Prevenção e Investigação de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA VII) promoveu Reunião de Coordenação em Local de Acidente Aéreo, no Auditório da organização, em Manaus.

O evento é realizado anualmente nas áreas de jurisdição do SERIPA VII e tem por objetivo apresentar métodos, procedimentos e responsabilidades dos órgãos diretamente envolvidos em uma ocorrência aeronáutica. Propõe, também, favorecer maior interação e coordenação entre os mesmos durante as investigações, para que indícios, informações relevantes e dados levantados durante a Ação Inicial sejam salvaguardados.  

Cerca de 25 representantes de instituições, como: ALA8;  Aeródromo de Flores; Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia MiIitar do Amazonas (BPAmb/PMAM); Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS); Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM); Comando de Policiamento Especializado (CPE); Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal;  Polícia Militar do Amazonas (PM-AM); Quarto Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA IV); Quarto Batalhão de Aviação do Exército (4º BavEx); Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP/AM); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Terceiro Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3) se fizeram presentes para a explanação do Chefe do SERIPA VII, o Major Aviador Elio de Abreu Almeida Júnior.  

O Chefe apresentou a Lei nº 12.970, que dispõe sobre as investigações do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SIPAER), além de discorrer sobre o acesso aos destroços de aeronave e outras providências relevantes. Esclareceu também quais as ações prioritárias e os perigos potenciais no sítio do acidente.

O roteiro da Reunião também contemplou as regras após o acidente, no que cabe a cada instituição com relação a guarda de destroços, pertences, sigilo profissional, proteção à informação, atendimento à imprensa e às esferas jurídicas. O Major Almeida destacou exemplos de Ações Iniciais bem-sucedidas, no estado do Amazonas, e aproveitou a ocasião para agradecer o envolvimento das instituições presentes nos trabalhos realizados em conjunto, durante as últimas ocorrências na cidade de Manaus (AM).

Ao final da Reunião, além dos esclarecimentos de dúvidas, foram levantadas sugestões e apresentadas demandas de qualificação e aperfeiçoamento a outros profissionais que também trabalham em local de acidente aeronáutico e que por ventura não puderam obter o mesmo conhecimento adquirido na ocasião.

Fim do conteúdo da página