Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

A Universidade da Força Aérea (UNIFA) iniciou em 08/09/2021 a fase presencial do Curso de Graduado Master CGM com duração de 09 (nove) semanas.

 

A Aula Inaugural contou com a ilustre presença do Major Brigadeiro do AR Valdir Eduardo Tuckumantel Codinhoto, Chefe do Estado Maior do Comando Geral do Pessoal, acompanhado pelo Senhor Brigadeiro do AR Lélio Walter Pinheiro da Silva Júnior, Comandante Interino da Universidade da Força Aérea. Registramos ainda a presença dos Coordenadores do Projeto Graduado Master, Coronel Aviador Alex Oliveira da Rocha e Tenente Coronel Aviador Rodrigo Caldeira Magioli, Adjunto da Seção de Planejamento do COMGEP e dos Graduados Masters Olavo José de Oliveira Guerreiro, Sérgio Xavier Pontes Filho, Edmar Brun da Camara e Maurício George Rosa Lima da Silva.

 

 

 

 

O Curso de Graduado Master (CGM) tem por finalidade capacitar o graduado para exercer a função de assessoria aos comandantes nos assuntos relacionados às Praças e atuar como elo disciplinador das praças, fortalecendo os padrões do comportamento militar na GUARNAE.

 

No ano de 2021 conta com a presença de 14 (quatorze) alunos, sendo 13 graduados da Força Aérea Brasileira e 01 graduado da Marinha do Brasil.

 

 

 

 

Trata-se de uma atividade de extensão gerida pela PROEXT que tem sob sua competência a realização de 8 (oito) cursos de extensão acadêmica que permitem o aprimoramento técnico e profissional dos militares e civis, contando com a participação de profissionais capacitados e de proeminência para a sociedade brasileira.

 

No dia 1º de junho de 2021, a editora portuguesa Cravo lançou o livro “Relações Internacionais em um mundo pós-pandemia: permanências e descontinuidades”, organizado pelos professores André Sena e Luciene Carris. A obra reúne uma coletânea de textos sobre a transitoriedade que atualmente sofre o mundo na direção de um "futuro pós-pandêmico", em que a expectativa de um "novo normal" habita diariamente o cotidiano das sociedades.

Com temas como Relações Internacionais, Segurança Internacional, Defesa, Saúde e Política Externa, o mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais (PPGCA) da Universidade da Força Aérea (UNIFA), Emílio Augusto de Santana Ferreira escreveu conjuntamente com a professora Patrícia de Oliveira Matos o capítulo “Saúde e Defesa: interfaces entre conceitos e setores estratégicos para a Segurança Nacional”.

Nele, os autores abordam a importância dos setores da Saúde e da Defesa em um contexto de resposta a uma emergência de saúde global. Para o mestrando Emílio Augusto, a “necessidade de um Complexo Industrial de Segurança para conectar os setores da Saúde e Defesa são vitais para a proteção e perenidade da Soberania Nacional”.

O livro conta ainda com textos de professores e pesquisadores de vários locais do mundo, que fornecem uma visão cosmopolita da realidade pandêmica, bem como amplifica assuntos atuais e relevantes para a sociedade mundial.

Link do livro: http://www.editoracravo.pt/loja-virtual.

 

Revisão/Texto e informação: Cel Av R/1 Bacellar; Gills Lopes; 1 Ten QOCON PED Vanessa Barros; e Emílio

A Biblioteca da UNIFA inaugurou, no dia 7 de junho último, sua nova página na Internet, que garante maior visibilidade, interatividade e oportunidade de pesquisa aos seus usuários, especialmente os alunos e pesquisadores vinculados aos programas, cursos e estágios desenvolvidos na UNIFA e Organizações de Ensino sediadas no campus.

 

 

O usuário cadastrado na Biblioteca da UNIFA pode acessar a base de dados da Rede BIBLIENS, formada pelas bibliotecas da AFA, CIAAR, EEAR, EPCAR e UNIFA, e ainda a Rede BIA, que integra essas a outras bibliotecas do COMAER, como as do DCTA e DECEA, além de fornecer informações relevantes para pesquisa na Rede de Bibliotecas do Ministério da Defesa (REBIMD). O site oferece também a opção de visualização em língua inglesa ou espanhola.

 

 

 

Para explorar melhor esses e outros serviços disponibilizados pela Biblioteca da UNIFA, acesse o endereço eletrônico: https://www2.fab.mil.br/bibliotecaunifa/ ou ainda os portais da UNIFA na Internet ou Intraer, menu: SETORES/PROAPE/BIBLIOTECA.

 

 

 

Foi inaugurado, nesta quinta-feira (22), o posto de vacinação contra a COVID-19 no Museu Aeroespacial (MUSAL), sediado na Guarnição de Aeronáutica dos Afonsos (GUARNAE-AF). A iniciativa faz parte de uma ação integrada entre a Força Aérea Brasileira (FAB), Comando Conjunto Leste (CCj Leste) e a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (RJ).

A abertura do posto de vacinação representa um reforço às ações do CCj Leste e a Cidade do Rio de Janeiro, em apoio à vacinação da população. Seu funcionamento acontecerá de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, e aos sábados, das 08h às 12 horas, no Museu Aeroespacial (MUSAL). O atendimento ocorrerá na modalidade Drive-Thru e, simultaneamente, os visitantes poderão apreciar parte do acervo de aeronaves do MUSAL que estará exposto no Hangar 5.

Moradora do bairro de Guadalupe, Marlene Maria dos Santos Marques, 60 anos, foi a primeira a ser vacinada no Drive Thru do Campo dos Afonsos. Ela conta sua alegria em ter sido imunizada. “Foi muito bom tomar a vacina, pois eu estava há muito tempo na expectativa. Agora aguardo para tomar a segunda dose”, relata.

O funcionamento do posto segue o calendário previsto no plano de vacinação estipulado pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (SMS-Rio), incluindo grupos, faixa etária, doses de vacinas e todos os protocolos sanitários vigentes. A capacitação das equipes de militares que atuam nos postos de vacinação foi realizada pela SMS-Rio, com o apoio de hospitais, clínicas e centros de saúde do município.

Estiveram presentes na inauguração o Comandante do Comando Conjunto Leste, General de Exército José Eduardo Pereira; o Comandante da 1ª Divisão do Exército, General Kleber Nunes de Vasconcellos; o Comandante do Comando Aéreo Leste, Major-Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme Silveira de Medeiros; o Diretor de Saúde da Aeronáutica, Major-Brigadeiro Médico Walter Kischinhevsky; o Comandante da Brigada de Infantaria Pará-quedista, General de Brigada Helder de Freitas Braga; o Comandante da Universidade da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Lélio Walter Pinheiro da Silva Júnior e o Secretário Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz.

I COMAR apoia a Secretaria de Saúde de Belém (PA)

Nos dias 19 e 22 de abril, o Comando Aéreo Norte (COMAR I), por intermédio do Hospital da Aeronáutica de Belém (HABE), em apoio à Secretaria Municipal de Saúde de Belém-PA (SESMA), ativou o Clube dos Oficiais da Aeronáutica da Guarnição de Belém (COAGB T1) como ponto de vacinação. O objetivo é aplicar a segunda dose da vacina contra a COVID-19 nos idosos com idades entre 60 a 66 anos.

Neste período, o HABE disponibilizou cerca de 26 militares entre enfermeiros e técnicos de enfermagem, divididos entre os turnos da manhã e tarde. O I COMAR também contou com o empenho de 32 militares do Grupo de Segurança e Defesa de Belém (GSD-BE), comprometidos com o a organização do trânsito e a segurança do local.

“Poder contribuir e dar continuidade a esta ação de vacinação contra a COVID-19 em apoio à Secretaria Municipal de Saúde (SESMA) é muito gratificante para nós.  Será um grande benefício para a população se pudermos agilizar e ampliar a imunização de forma tranquila e sem aglomeração”, afirma o Diretor do HABE, Coronel Médico Jorge Antônio Carvalho Feijó.

O apoio segue o contexto da Operação COVID-19 do Comando Conjunto Norte (CCN), que coordena as atividades das Forças Armadas no combate ao novo Coronavírus, em apoio a órgãos e agências de saúde municipais, estaduais e federais.

Fotos: GUARNAE-AF/ CB Patrício /COMAR I

 

    A temática discutida no livro “Drones armados na guerra moderna” surgiu da inquietação do 1º TEN QOAP SJU WEBERT BARRETO quando ainda era aluno do Curso de Direito Internacional dos Conflitos Armados, na Escola Superior de Guerra (ESG) em Brasília-DF. O militar entende ser importante compreender e justificar o ataque de “drones” (aeronaves remotamente pilotadas ou ARP) em um conflito armado e a existência de alguma especificidade legislativa.

    A partir dessa inquietude, foi elaborada a proposta de pesquisa submetida ao Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais (PPGCA) da Universidade da Força Aérea (UNIFA), que trouxe discussões sobre o sistema de ARP e suas transformações nos conflitos modernos.

    A relevância da pesquisa se deve às perceptíveis mudanças originadas pela tecnologia, principalmente com os novos conhecimentos e as novas armas que revolucionaram as hostilidades desde tempos imemoriais. Basta pensar na invenção da carruagem, dos tanques, do avião ou da bomba nuclear para lembrar como a ciência mudou a paisagem da guerra.


   “Fruto de minha dissertação de Mestrado pela Universidade da Força Aérea, esta obra é uma visão recomendada a todos os militares das diversas Forças Armadas, assessores jurídicos operacionais e demais operadores do Direito, responsáveis pela difusão e integração do Direito Internacional dos Conflitos Armados à doutrina, ao ensino, ao treinamento e ao emprego”, afirma o Ten Webert.


O livro tem data provável de lançamento para o dia 13 de agosto de 2021, na Capital Federal.


Atualmente, o Tenente Webert é Doutorando em Ciências Aeroespaciais pelo PPGCA/UNIFA e atua nas áreas de Direito Militar, Direito Internacional dos Conflitos Armados e serve no Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER).

 

 

Revisão/Texto e informação: Cel Av R/1 Bacellar; Gills Lopes; 1 Ten QOCON PED Vanessa Barros; e 1 Ten QOAP SJU Webert

Fim do conteúdo da página