Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Um sonho que se tornou realidade pelas asas da FAB
Início do conteúdo da página

       A Base Aérea de Florianópolis (BAFL) é uma das unidades mais antigas da Força Aérea Brasileira (FAB), com mais de 78 anos, serve de inspiração para muitos jovens que almejam seguir a carreira militar.

      Conhecida como a “Base da comunidade”, ao longo da sua história, sempre esteve envolvida com atividades na sociedade catarinense, apoiando instituições, escolas, abrindo seus portões para visitação.

          E foi inserido nesse cenário que o florinapolitano e atual Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Estado de Santa Catarina, Coronel Bombeiro Edupércio Pratts, demonstrou o seu interesse pela caserna. Em sua família tiveram vários exemplos a seguir. Seu pai e seus avós eram da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e o seu tio era Cabo da FAB, através do qual pôde conhecer um pouco mais sobre a rotina na Aeronáutica. Por algumas vezes fez visitas à BAFL e foi neste local que, um dia, começou o sonho de um dia ser piloto de aeronave.

       No ano de 1982 o jovem Edupércio, com 17 anos, foi o único catarinense aprovado no processo seletivo para o ingresso na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR). E foi no “Berço dos Especialistas” que suas ações começaram a ser norteadas pelo Código de Honra do Aluno: Disciplina, Amor e Coragem, o lema de uma carreira de sucesso.

       Alguns anos mais tarde, em 1984, o jovem Edupércio foi aprovado no Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar de Santa Catarina. Em 1987 foi designado para servir no Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC). No mesmo ano, como 2° Tenente, realizou o Curso de Tripulante no 2°/10° Grupamento de Aviação, Esquadrão Pelicano, em Campo Grande (MS), momento este que serviu para relembrar os tempos de FAB.

       Em 1993 assumui o comando do Pelotão de Contra Incêndios do Aeroporto Internacional de Florianópolis, ali permanecendo até o ano de 1997. Neste mesmo período atuava no helicóptero de resgate da Polícia Militar (Águia 01) como tripulante chefe da Equipe de Resgate Aéreo. De 1997 a 1998 retornou ao GBS. Entre os anos de 1999 a 2002 trabalhou na Defesa Civil Estadual. Em 2002 realizou o curso de Piloto de Helicóptero. Entre 2003 e 2006 trabalhou no Grupamento de Radiopatrulhamento Aéreo (GRAer) da PMSC como Piloto. Em outubro de 2006 retornou ao Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, trabalhando na Diretoria de Ensino, e neste período continuou a voar no GRAer e também no CBMDF, em Brasília.

       Em janeiro de 2010 conseguiu instituir o Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do CBMSC, onde voam os Arcanjos (helicópteros e aviões), sendo seu primeiro Comandante, e participando ativamente das escalas operacionais. Realizou o curso de Piloto de avião em 2013. Em 2014 assumiu a Diretoria de Ensino. Em 2015 foi promovido a Coronel BM e assumiu o cargo de Comandante da 1ª Região BM, que cuida de todo o litoral de SC.

        Entre 2016 e 2017 foi Chefe do Estado-Maior Geral do CBMSC, em 2018 foi Controlador-Geral, e em 2019 Subcomandante Geral, e no 07 de fevereiro de 2019 assumiu o cargo no CBMSC, o de Comandante-Geral. Porém durante todos esses anos continuou atuando nas escalas operacionais de Piloto de Resgate Aeromédico dos Arcanjos do CBMSC e SAMU SC.

       “A FAB teve grande influência em toda a minha carreira Militar, notadamente na Aviação. Na vida militar aprendi muitos valores como: compromisso, responsabilidade, resistência, resiliência, foco, zelo com as pessoas e com a coisa pública. Agradeço a minha família que sempre me apoiou, meus pais, irmãos, tios e avós, bem como minha esposa, que é Sub Ten RR da PMSC (Margareth), e meus três filhos (André, Augusto e Alberto)”, relata o Comandante Edupércio.

       Tudo começou com um simples convite para visitar a Base Aérea de Florianópolis, o que despertou a curiosidade de um jovem adolescente em um dia ser piloto de aeronave. E com muito estudo e força de vontade, hoje, ocupa o mais alto cargo da sua Organização Militar. Uma trajetória que serve de inspiração para todos que estão em busca dos seus sonhos.

       “Aos 17 anos, quando estava sentado  num ginásio de esportes cheio de candidatos em Florianópolis, olhei ao redor e pensei profundamente: uma vaga é minha. Por isso tenham Foco, Força e Fé. Nada é por acaso, o sacrifício faz parte da luta. Tenham sorte, mas não esqueçam de estudar e se preparar física e intelectualmente. Busquem seus sonhos, sempre!!!”, finalizou o Coronel BM Edupércio Pratts, Comandante Geral do CBMSC.

 

Fim do conteúdo da página