Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Distribuição de Máquinas
Início do conteúdo da página

Acontece nesta semana o 2° Simpósio de Logística da Aeronáutica, com o tema “O Sistema de Patrimônio e a Força Aérea

– Como aperfeiçoá-lo frente aos novos desafios do Século XXI”.

O evento é realizado entre os dias 7 e 9 de outubro no Instituto de Logística da Aeronáutica (ILA), em Guarulhos, São Paulo.

Promovido pelo Comando-Geral de Apoio (COMGAP) e com participação do Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), o evento engloba profissionais da área pública e de setores privados. São temas em pauta a gestão estratégica do patrimônio, responsabilidade patrimonial e administrativa, zoneamento de aeródromos compartilhados, alienação e arrendamento, entre outros.

Na abertura, o Comandante-Geral de Apoio, Tenente-Brigadeiro do Ar Hélio Paes de Barros Júnior, explicou que o objetivo do simpósio é buscar uma eficácia maior do Sistema de Patrimônio (SISPAT), através da análise das necessidades, possibilidades e metas futuras da FAB. "Temos uma área de patrimônio da Força Aérea que é equivalente ao estado de Sergipe, por isso devemos avaliar se esses ativos estão dando contribuição para cumprirmos nossa missão ou se podem ser melhor utilizados. Nós trabalhamos para o país e aquilo que é mais eficiente para a FAB resulta em benefícios para a nossa sociedade", concluiu o tenente-brigadeiro Paes de Barros.

"A participação do Exército e do Banco do Brasil deve enriquecer o debate. É um assunto bastante complexo em vários aspectos, então, com esse intercâmbio de experiências, temos a expectativa de melhorar os processos do SISPAT da FAB, dando maior celeridade e legalidade, e de modernizar nossa legislação, a NCSA 87-1", afirmou o Brigadeiro Engenheiro Robson Fernandes Ramos, Subdiretor de Patrimônio da Diretoria de Engenharia da Aeronáutica (DIRENG).

Fim do conteúdo da página