Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

O Esquadrão Pantera (5º/8º GAV), sediado na Ala 4 – Base Aérea de Santa  Maria (RS) resgatou, neste sábado (04), na costa brasileira, um homem que estava a bordo de um navio estrangeiro e com sintomas de malária. O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), organização da Força Aérea Brasileira (FAB) responsável pela coordenação de missões aéreas, acionou o Esquadrão após o contato do SALVAERO Curitiba.

                               

As informações recebidas pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo (SALVAMAR), sobre o estado de saúde da vítima, eram de que apresentava febre alta desde o dia primeiro de julho e  havia suspeita de malária. O navio, oriundo do Panamá, foi localizado a cerca de 100 km, no litoral do Rio Grande do Sul (RS).

A aeronave H-60L Black Hawk decolou de Santa Maria (RS) para a Ala 3 - Base Aérea de Canoas (RS), onde realizou pouso para embarque da equipe médica que integrou a tripulação e, em seguida, voou até a posição do navio para realizar o resgate. O helicóptero manteve o voo pairado enquanto o homem SAR (do inglês Search And Rescue - Busca e Salvamento) desceu até o convés, realizou os primeiros atendimentos e foi içado com o paciente. Ao final, a vítima foi transportada para o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, para receber atendimento médico especializado. Toda a operação durou, aproximadamente, cinco horas.

                               
A tripulação do helicóptero, formada por nove militares, sendo dois pilotos, dois homens de resgate, dois mecânicos, um médico e dois enfermeiros, usou trajes especiais para minimizar o risco de qualquer contaminação. 

O Comandante do Esquadrão Pantera, Tenente-Coronel Aviador Fernando Fernandes de Castro comenta que o resgate reforça o sucesso do Sistema de Busca e Salvamento da FAB. "Esta missão demonstra todo o preparo e a competência no emprego dos Meios de Força Aérea. É motivo de satisfação pessoal e profissional para todo Esquadrão Pantera, que neste ano comemora 49 anos de sua criação, atuar para salvar vidas", destacou. 

Um dos pilotos da aeronave, Tenente Aviador Luiz Fernando Silva Alves, falou  sobre o cumprimento da missão. "Ocorreu com sucesso devido à tranquilidade e sinergia dos nossos tripulantes e homens SAR que treinam para estes resgates, trazendo a bordo do helicóptero a vítima em segurança", contou o piloto.

            

O Tenente Aviador Felipe Monteiro Lobo, homem de resgate, disse que o acesso ao convés foi realizado com segurança e coordenação da tripulação, de modo que o tripulante do navio fosse, também, resgatado com todos os cuidados necessários. "A vítima foi colaborativa durante as etapas do resgate e agradeceu a nossa ajuda", disse.

Preparo
Um dos fatores fundamentais para o sucesso de qualquer missão é o preparo operacional das tripulações. Para atingir alto nível técnico e doutrinário, agindo com a pronta-resposta requerida na execução das ações, os Esquadrões da FAB realizam treinamentos constantes. Neste contexto, o Comando de Preparo (COMPREP) tem seu papel destacado. Como Comando Operacional encarregado de fixar os padrões de eficiência, planejar o treinamento e avaliar o desempenho das unidades subordinadas, a partir das capacidades definidas pelo Comandante da Aeronáutica, também coordena a formulação da Doutrina Aeroespacial, em consonância com as experiências adquiridas e os sistemas de armas incorporados à Força Aérea Brasileira.

A Ala 4, antiga Base Aérea de Santa Maria (RS), tem realizado uma série de ações de combate ao COVID-19. As ações fazem parte da Operação CONVID-19, coordenada pelo Ministério da Defesa com o objetivo de fortalecer as ações do Governo Federal contra a pandemia.

Distribuição de cestas básicas para famílias do PROFESP
Os alunos atendidos pelo PROFESP da Ala 4 receberam no último dia 24 de abril, “kits” de alimentação para suas famílias. A distribuição de cestas básicas beneficiará aproximadamente 170 famílias de jovens e crianças amparadas pelo PROFESP, ajudando a atenuar os impactos causados pelo isolamento social, em virtude da pandemia. Conforme a Coordenadora Pedagógica do projeto na Ala 4, Tenente Tatiana, “foram arrecadadas mais de 3 (três) toneladas de alimentos que beneficiarão mais de 200 alunos e suas famílias. Isto significa que a nossa campanha, intitulada ‘Asas que cuidam’, cumpriu seu objetivo”, finalizou.
Vale destacar que a Procuradoria da República em Santa Maria também apoiou a iniciativa de forma voluntária, doando cerca de 20 (vinte) cestas básicas.

Confecção de máscaras de proteção individual
Militares da Seção de Equipamento de voo do Esquadrão de Logística da Ala 4, estão empenhados na produção de cerca de 3.000 máscaras de proteção individual, destinados ao efetivo da GUARNAE-SM. O material já está sendo distribuído à medida que estiver pronto.

Descontaminação do Portão da Guarda
Na segunda-feira (20 de abril) o Esquadrão de Segurança e Defesa (ESD-SM) coordenou a desinfecção de toda área do Portão da Guarda da Ala 4, além das dependências do corpo da guarda. Funcionários da empresa Desinservice realizaram o procedimento de sanitização do ambiente, de forma gratuita. A descontaminação de novas áreas da Ala 4 está prevista para acontecer nos próximos dias.

ES-SM realiza vacinação do efetivo contra a Influenza
O Esquadrão de Saúde de Santa Maria recebeu cerca de 600 doses da vacina contra Influenza destinada aos militares do efetivo da Guarnição de Aeronáutica de Santa Maria. A aplicação aconteceu na quinta-feira (23) e foi realizada pelos profissionais de saúde do ES-SM, incluindo Oficiais Médicos que ainda não finalizaram a formação, mas já estão atuando no Esquadrão.
As doses da vacina foram disponibilizadas pela Prefeitura Municipal de Santa Maria (RS). Conforme do Secretário de Município da Saúde, Guilherme Ribas, que acompanhou a vacinação juntamente com o Prefeito Jorge Pozzobom, “a parceria Força Aérea Brasileira e Prefeitura Municipal de Santa Maria foi muito importante para possibilitar a imunização dos profissionais dessa Unidade”.
Os profissionais de saúde do ES-SM já haviam sido vacinados no primeiro lote de vacinas disponibilizados pela Prefeitura, no final de março.

 

Processo vai selecionar profissionais de nível superior, que sejam voluntários à prestação do Serviço Militar, em caráter temporário, visando à incorporação ainda em 2020

Entre os dias 03 e 17 de fevereiro estarão abertas as inscrições para o Quadro de Oficiais da Reserva de Segunda Classe Convocados (QOCon 2020), da Força Aérea Brasileira (FAB). O objetivo é preencher, em caráter temporário, em tempo de paz, necessidades operacionais da FAB, que não são atendidas pelos quadros regulares de pessoal do Comando da Aeronáutica (COMAER).

Para Santa Maria há as seguintes vagas de nível superior disponíveis: Segurança e Defesa (01), Enfermagem (01), Ortodontia (02), Periodontia (01) e Farmácia Bioquímica (01).

A seleção será constituída de avaliação curricular, inspeção de saúde, avaliação psicológica e teste de condicionamento físico, entre outras etapas.

As inscrições poderão ser realizadas acessando o link: https://www.convocacaotemporarios.fab.mil.br/

Os voluntários devem ficar atentos aos Documentos necessários à comprovação dos Requisitos Obrigatórios e dos Parâmetros de Qualificação, visando à comprovação das exigências e à pontuação a serem confirmadas na Validação Documental e Avaliação Curricular. Cabe alertar, ainda, sobre a necessidade de apresentação de alguns Exames Médicos, conforme previsto no Aviso de Convocação.

Os organizadores do processo seletivo recomendam aos candidatos que se antecipem para a realização dos exames, avaliações, atestados e laudos médicos a serem apresentados na Concentração Inicial, previstos no Aviso de Convocação.

Fonte: Portal FAB.

A cerimônia em comemoração ao terceiro aniversário da Ala 4 foi realizada na segunda-feira (16). A solenidade foi presidida pelo Comandante da 3ª Divisão de Exército, General de Divisão Mauro Sinott Lopes, acompanhado pelo Comandante da Ala 4, Coronel Aviador Élison Montagner e contou com a presença de autoridades civis e militares.

O Comandante da Ala 4 destacou em seu discurso a confiança nos integrantes da organização militar aniversariante, na superação das dificuldades que se apresentam. “Nossa missão demanda muito trabalho e dedicação, mas, no entanto, é uma missão extremamente desafiadora e que muito nos motiva, sobretudo por saber que contamos com militares que honram, diuturnamente, o juramento de defender a sociedade, mesmo com o sacrifício da própria vida”, disse.

Em uma cerimônia a parte, que aconteceu antes da formatura, foi realizado o descerramento do quadro e entrega das homenagens ao graduado e praça padrão do ano de 2019. Foram agraciados os seguintes militares: Suboficial SMU Cristiano Henrique Bencke; Cabo SGS Ben-Hur Dorvil Raddatz.


Durante a cerimônia, ocorreu a imposição da medalha “Mérito Santos-Dumont” ao General de Divisão Mauro Sinott Lopes. Ainda no evento, aconteceu a imposição da medalha militar, que tem como objetivo recompensar os bons serviços prestados pelos Oficiais e Praças da Aeronáutica, em serviço ativo e entrega de certificados de agradecimento à autoridades.

Vale destacar que a Ala 4 faz parte do projeto de Reestruturação da Força Aérea Brasileira. Em dezembro de 2016, começaram a ser ativadas as Alas – organizações militares voltadas para a área operacional – e desativadas as estruturas de Comandos Aéreos Regionais. Atualmente, a Guarnição de Aeronáutica de Santa Maria é composta pela Ala 4, Grupamento de Apoio, Destacamento de Controle do Espaço Aéreo, Destacamento de Saúde e Esquadrão de Comunicações e Controle.

Na última quarta-feira (29) a Ala 4 realizou evento que marcou, oficialmente, o término das primeiras ações de eficiência energética desenvolvidas em parceria com a empresa, através do seu Programa de Eficiência Energética (PEE). Ao longo de 2019, o programa proporcionou a instalação de uma usina solar de geração fotovoltaica on-grid no local com capacidade de 125 Kw e substituiu 6.000 lâmpadas menos eficientes por unidades de LED.

A iniciativa é resultado do comprometimento do Comando da Aeronáutica no desenvolvimento de parcerias estratégicas, alinhadas com a Diretriz sobre a gestão de energia no Comando da Aeronáutica (DCA 14-13) e a política de sustentabilidade, por intermédio do uso racional de energia que proporcionará benefícios para toda a sociedade.


O evento aconteceu no Auditório da Ala 4 e reuniu autoridades, convidados e dirigentes da RGE. Dentre as autoridades, estavam presentes o Reitor da UFSM, Paulo Burmann e o Prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom.


Segundo o Diretor da RGE, Marco Antonio Villela de Abreu, que esteve presente no evento, “as ações de eficiência energética contribuirão com uma economia de cerca de R$ 160 mil ao ano nas contas da instituição, que vem buscando permanentemente aprimorar a sua eficiência operacional através da otimização da aplicação dos seus recursos em todas as áreas”, destacou o executivo.


Conforme o Comandante da Ala 4, Coronel Aviador Wilson Paulo Corrêa Marques, o pioneirismo e ineditismo do projeto se dá pela nossa contrapartida na implementação das ações de eficiência energética financiadas pela RGE. “Buscamos a capacitação e o treinamento do nosso efetivo nas áreas de atuação do projeto com o objetivo de disseminar a consciência energética - uma das bases do Programa de Eficiência Energética. Esse diferencial também permitirá que as necessidades de manutenção futura possam ser administradas dentro da própria instituição, o que reduzirá também os custos no longo prazo e o gasto com dinheiro público. O modelo de contrapartida com mão de obra dos próprios militares foi um grande diferencial e trouxe excelente resultado sendo considerado um exemplo a ser seguido”, destacou.


O investimento da RGE nas ações foi de mais de R$ 900 mil que foram custeados pelo Programa de Eficiência Energética da RGE. Vale destacar que a execução do projeto teve aporte de R$ 290 mil por parte da Ala 4. O valor representa a contrapartida de mão de obra da instalação da primeira usina fotovoltaica on-grid da FAB e da substituição das lâmpadas que foi executado diretamente por militares desta unidade capacitados para implantar e dar continuidade às ações do programa. A ação, também fortalecerá outros projetos que já estão sendo desenvolvidos através da Comissão de Gestão do Programa de Eficiência Energética do Comando da Aeronáutica, sob o gerenciamento do Estado-Maior da Aeronáutica.

O PROJETO

O Programa de Eficiência Energética é regulado e fiscalizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e tem o objetivo principal de promover o uso eficiente da energia elétrica em todos os setores da economia por meio de projetos que demonstrem a importância e a viabilidade econômica de melhoria da eficiência energética de equipamentos, processos e usos finais de energia.

Na Ala 4, o conjunto de ações do projeto é resultado de uma parceria com a RGE, que teve como objetivo, também, tornar a unidade um modelo, em termos de gestão e eficiência energética. O projeto contemplou, basicamente, a instalação de 125 KWp de capacidade instalada de geração de energia solar fotovoltaica e a substituição de 6.358 lâmpadas por modelos LED de alta eficiência. Os novos equipamentos permitirão uma economia de cerca de 426,92 MWh/ano e uma redução de 35,91 kW na demanda de ponta. Além da economia financeira direta na conta de energia, as lâmpadas de LED também demandam menos custos de manutenção e têm vida útil de cerca de 25 mil horas, ou seja, duram mais de dois anos se ficarem ligadas de maneira ininterrupta.

 

Fotos: S2 Kassiel
Fonte: RGE
Texto e revisão: ACS, 2T Charlene

Nesta manhã da sexta-feira (20) foi realizada a cerimônia militar de Passagem de Comando Ala 4. Integrando a solenidade, houve o descerramento do retrato de Comandante na galeria de retratos de ex-comandantes.

A solenidade militar de Passagem de Comando foi presidida pelo Ten Brig Ar Carlos Egito do Amaral, Comandante de Preparo.

Na oportunidade, estiveram presentes também Ten Brig Ar R1 Nivaldo Rossato, Ex Comandante da Força Aérea Brasileira, Gen Div Mauro Sinott Lopes, Comandante da 3ª Divisão de Exército, Maj Brig Ar Mario Luis da Silva Jordão, Chefe do Estado-Maior do Comando de Preparo, autoridades militares e civis, do poder executivo e legislativo, convidados e familiares.

Ao despedir-se da Ala 4, após dois anos, o Cel Av Elison Montagner agradeceu a presença de todos enfatizando que “....o destino me reservou a oportunidade de aqui realizar a maior e melhor de todas as missões: ombrear com profissionais de excelência na evolução de uma das mais operacionais Alas da Força Aérea Brasileira, a Ala4.”

O novo Comandante da Ala 4, Cel Av Wilson Paulo Corrêa Marques, que assumiu o Comando da Ala 4, é natural da cidade de Dorândia (RJ), ingressou na Força Aérea em 1990, atingindo o atual posto em 31 de agosto de 2018.

A tropa, comandada pelo Maj Av Rodrigo Alonso Fortes, desfilou em continência ao Wilson Paulo Corrêa Marques, novo Comandante da Ala 4. Durante o desfile militar, a Banda de Música da Ala 4 executou o dobrado Asas de Prata a canção da Ala 4.

Na última sexta-feira (29), a 3ª Auditoria da 3ª Circunscrição Judiciária Militar realizou a inauguração da peça Deriva da Aeronave AMX A1-A, doada pela Força Aérea Brasileira. A peça Deriva é da Aeronave AMX A1-A 5530, de fabricação ítalo-brasileira, e foi doada pela Força Aérea Brasileira em homenagem à 3ª Auditoria da 3ª Circunscrição Judiciária Militar.

A peça está instalada em frente do prédio da 3ª Circunscrição Judiciária Militar.

O evento de inauguração contou a presença do Ministro do Superior Tribunal Militar, Tenente Brigadeiro do Ar Francisco Joseli Parente Camelo, além de autoridades locais.

Após a cerimônia, houve um coquetel de confraternização.

Fim do conteúdo da página