Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Projetos > Pró-Defesa IV > Uncategorised > Pró-Defesa IV - Seminário Marco Zero
Início do conteúdo da página

Marco zero

A Universidade da Força Aérea participou do Seminário Marco Zero, promovido pela CAPES e o Ministério da Defesa, acorrido em Brasília em 21 de março de 2019. O evento apresentou os novos projetos da quarta edição do Programa de Apoio ao Ensino e à Pesquisa Científica e Tecnológica em Defesa Nacional (Pró-Defesa).

Marco Zero Rocha 

“A abertura do evento contou com a presença de Ricardo Vélez Rodríguez, ministro da Educação, que reforçou o caráter cívico do programa: “Por uma razão estratégica, é a primeira vez que se pensa de forma sistemática a integração das forças armadas, universidade e setor produtivo”.

 Anderson Correia, presidente da CAPES, destacou a importância dos projetos para o Brasil. “São projetos de relevância estratégica, com ligação com o setor produtivo, trabalhos de altíssimo nível acadêmico e que ajudam a elevar a pesquisa e a formação de recursos humanos em nível nacional”, afirmou.

Para a quarta edição do Pró-Defesa, foram selecionados 12 projetos que serão desenvolvidos nos próximos quatro anos e receberão R$ 6,6 milhões. O Ministério da Defesa vai custear R$ 2,4 milhões para os projetos e a CAPES financiará R$ 4,2 milhões em bolsas de mestrado, doutorado, pós-doutorado e auxílios-moradia” 1.

Concorreram nesse edital um total de 105 projetos, onde a Universidade da Força Aérea teve participação direta em três dos doze projetos selecionados:

- “A Agenda QBRN do Brasil: Óbces e Potencialidades para a Construção de uma Política Nacional Interagências”, que visa a construção de políticas de governança multinstitucionais para o atendimento de emergências ou catástrofes envolvendo agentes Químicos, Biológicos, Radiológicos e Nucleares com o objetivo de integrar as ações das Forças Armadas às agências civis;

- “A Economia de Defesa no Brasil: gastos militares e suas interfaces com a indústria e inovação”, que visa produzir conhecimento autóctone e formar pessoal qualificado no campo da Economia de Defesa, focando nas interfaces dos gastos militares com a indústria e inovação;

- “Ciência, Tecnologia e Inovação em Defesa Cibernética e Defesa Nacional”, que pretende entender as necessidades nacionais de defesa cibernética para implementação de politicas públicas de disseminação e formação de recursos humanos nesse setor estratégico.

Estes projetos deverão ampliar significativamente a rede de pesquisadores do programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais da UNIFA, onde espera-se uma formação extra de cerca de 30 mestres e doutores e uma publicação excedente e de alto nível de pelo menos 60 trabalhos acadêmicos e técnicos ao longo de 4 anos.

(1) (Brasília – Redação CCS/CAPES) http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/ Publicado: Quinta, 21 Março 2019 18:05

 

Link de acesso à Reunião de Coordenadores do Pró-Defesa IV

https://www.youtube.com/watch?v=Kji97RvlnuE

Apresentações ligadas aos Projetos da UNIFA

Prof. Dr. Marcos Aurélio Guedes de Oliveira (ECEME)  Início: 1:04:00

Prof. Dr. Marcos José Barbieri Ferreira - UNICAMP       Início: 1:58:00

Prof. Dr. Henrique de Souza Rocha - UNIFA                  Início:  3:06:40

 

Link de acesso à reunião de orientações de gastos do Pró-Defesa IV.

https://www.youtube.com/watch?v=QXwXhmbLtWY

 

Fim do conteúdo da página