Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

No dia 15 de outubro de 2019, o Programa Força no Esporte dos Afonsos comemorou o Dia das Crianças num evento que reuniu os três projetos sociais da Organização Militar –Núcleo esportivo, desenvolvido nas instalações Poliesportivas da CDA e cujo foco está na prática esportiva; O Núcleo dos Aprendizes, que busca a capacitação de jovens para o mercado de trabalho e o Núcleo Colibri, que prepara os jovens do ensino fundamental para concursos de ingresso em renomadas escolas, militares e civis, do ensino médio. Em todos os núcleos, formados por um total de quase 600 crianças, são realizadas atividades de valorização ética, moral e compartilhadas técnicas de disciplina que colaboram para formação de caráter de bons cidadãos.

A comemoração promoveu a confraternização entre os alunos durante todo período da manhã, iniciando com o café, seguindo para o Ginásio Poliesportivo da CDA, onde foram desenvolvidas as atividades programadas, finalizando com um almoço festivo.

As atividades do Ginásio foram iniciadas com a apresentação da tropa ao comandante da Universidade da Força Aérea (UNIFA), Major Brigadeiro José ISAIAS Augusto de Carvalho Neto, pela aluna Larissa Vitória. Houve o canto do Hino Nacional, apresentação da banda de música Colibri e uma homenagem ao dia dos professores realizada pelos alunos Samir e Giovanna, com o canto da música “ao mestre com carinho”. Foram, ainda, realizadas gincanas, jogos cooperativos, circuito funcional e corrida de orientação.

 Para o aluno do PROFESP, Jonathan Lima Farias (17 anos), “o evento foi muito legal por que houve atividades especiais que estimularam o trabalho de equipe e oportunizaram conhecer novos amigos. Também fez com que todos pulassem, dançassem e se divertissem muito. Esse Programa é muito especial porque fez mudar não só a minha vida, mas a vida de centenas de jovens”.

Informo-vos que o Serviço Social da Guarnição dos Afonsos (SESO-AF) estará promovendo a "Campanha do Outubro Rosa". A atividade tem como foco a conscientização acerca da importância da detecção precoce do câncer de mama, bem como compartilhar informações sobre a doença, saúde da mulher e violência doméstica. O projeto é voltado ao público feminino da Guarnição dos Afonsos (militares, servidoras civis, dependentes e pensionistas), e será realizado no dia 10 de outubro de 2019, das 08:00 às 11:00 h, no auditório do SESO-AF, conforme o banner. Para tanto, as interessadas em participar deverão realizar inscrição por meio do endereço eletrônico:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScZJycow4FRN1gbzaJK6XeRgDBMpBdNpKqqL1xQ1vIaCTpWFg/viewform

A Universidade da Força Aérea (UNIFA) completou 36 anos, na última quinta-feira (26/09), no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro. A data foi marcada por cerimônia realizada no Auditório Marechal Fontenelle e contou com a presença de autoridades militares, civis e ex-comandantes da UNIFA.

 

 

Durante a cerimônia, foram homenageados os destaques acadêmico e profissionais, que se distinguiram pela qualidade de seus trabalhos, e pela dedicação no desempenho de suas funções. Foram também contemplados com a imposição da Medalha Militar os militares que completaram 10, 20 e 30 anos de bons serviços prestados à Força Aérea Brasileira.

 

A Universidade homenageou seus ex-comandantes, e fez a entrega do título honorífico “Membro Honorário da Força Aérea Brasileira” às personalidades que direta ou indiretamente, contribuíram valorosamentepara o cumprimento da missão da Universidade da Força Aérea e da Força Aérea Brasileira (FAB).

 

O comandante e reitor da UNIFA, Major-Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto, destacou em seu discurso a importância da instituição no desenvolvimento profissional dos oficiais de carreira da FAB por intermédio das atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária: “Se hoje vivemos essas grandes responsabilidades e podemos nelas reconhecer alguns de nossos êxitos, todo o mérito é devido aos homens e mulheres, de ontem e de hoje, que cumprem as suas diversificadas e sensíveis missões com abnegação e dedicação, sendo os verdadeiros responsáveis pelos resultados que a UNIFA tem obtido ao enfrentar os desafios impostos pela missão de prover a pós-formação dos oficiais de carreira”, ressalta.

 

 

 

Relação dos Agraciados do 36° Aniversário da UNIFA

 

Destaque Acadêmico:

Profª. Doutora Cláudia Maria Sousa Antunes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Destaque Profissional:

Sargento SGS Cléber da Silva Gomes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cabo SAD Igor Costa de Oliveira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sr. Nielson Fernando dos Santos (civil)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Membro Honorário:

André Meyer Coelho

Carlos Eduardo Wright Domingues

Guilherme Sandoval Góes

Levi Inimá de Miranda

Luiz Rogério Franco Goldon

Dezesseis alunos do Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional (PPGDHO) apresentaram seus estudos em evento acadêmico organizado pela Universidade da Força Aérea nos dias 30/09 e 01/10.

O I Seminário de Pesquisas em Desempenho Humano Operacional e o I Workshop de Leituras Exploratórias, realizado na Vice-Reitoria Acadêmica (VRA) da UNIFA, explorou o estágio acadêmico de cada estudo em andamento e ofereceu a oportunidade para que cada mestrando compartilhasse os conhecimentos adquiridos durante o curso.

 

O evento ratificou a importância estratégica do Programa de Pós-Graduação em Desempenho Humano Operacional (PPGDHO) que tem como objetivo qualificar recursos humanos das Forças Armadas e do Ministério da Defesa para a investigação, proposição, gerenciamento e avaliação de programas de capacitação e intervenção biopsicossocial visando à qualificação do desempenho humano das atribuições e missões operacionais inerentes às Forças Armadas brasileiras.

 

O Capitão-Tenente Pedro Moreira Tourinho, do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes – CEFAN, apresentou o trabalho Fatores associados à aprovação em cursos de operações especiais: uma revisão sistemática. O objetivo é investigar os fatores (de qualquer natureza) associados à aprovação em cursos de operações especiais. Idealizado a partir da necessidade de investigação dos fatores que interferem no resultado final de cursos de operações especiais, a pesquisa busca identificar as ações com potencial para aprimorar os processos de seleção e formação do combatente, reduzir o atrito de reprovações e otimizar os recursos financeiros e logísticos.



Segundo o Capitão Pedro, participar do seminário foi uma excelente oportunidade de poder contar com colaborações e sugestões de uma audiência com profissionais extremamente qualificados. “Valeu também pela experiência de apresentar o meu trabalho em um evento acadêmico formal, o que com certeza contribuirá para futuras apresentações em congressos e outros eventos científicos”, explicou.

Outra pesquisa de relevância apresentada no seminário foi a Validação de teste físico operacional no âmbito do Corpo de Cadetes da Aeronáutica, de autoria do Capitão Aviador Willian Carreto Botta, da Academia da Força Aérea – AFA. De acordo com Botta, este estudo é importante porque trará ferramentas para aprimorar a capacidade combativa da Força Aérea Brasileira desde a formação básica na Academia, incutindo assim uma cultura de cuidado com o preparo orgânico voltado para o desempenho operacional, desde cedo. “Neste trabalho, estou desenvolvendo uma pesquisa de validação de testes físicos operacionais que consigam avaliar desempenho na execução das tarefas comuns de combate, que são as atividades que os militares efetivamente realizarão no campo de batalha”, explica. 

Para o aluno, é fundamental participar de seminários como o I Seminário de Leituras Exploratórias que ocorreu na UNIFA. Nestes eventos podemos expor o andamento das pesquisas, receber conselhos de profissionais mais experientes, além de poder aprender com as pesquisas de outros mestrandos.

O Vice-Reitor Acadêmico, Brigadeiro Intendente R/1 Tirre Freire destacou, na abertura do evento, a importância da parceria da UNIFA com o CEFAN na condução do PPGDHO, e enfatizou a importância do Programa na produção de conhecimento a ser aplicado no preparo e emprego das tropas operacionais de combate, frente às novas tecnologias que serão incorporadas no futuro próximo nas Forças Armadas.

O Programa Forças no Esporte (PROFESP) reuniu, na manhã de 25 de setembro, mais de 300 jovens de cinco Organizações Militares nos 1° Jogos PROFESP do Rio de Janeiro. Na competição, realizada nas instalações esportivas do legado olímpico no Clube de Aeronáutica da Barra da Tijuca no Rio de Janeiro (RJ), os alunos tiveram a oportunidade de competir em três  modalidades esportivas e duas recreativas: atletismo, futebol, voleibol, queimada e cabo de guerra.

A competição envolveu alunos do Programa da Guarnição dos Afonsos, ALA 11, ALA 12, Grupamento de Apoio do Rio (GAPRJ) e do Centro de Instrução Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) da Marinha do Brasil (MB).

O evento, organizado pela Coordenação Regional do PROFESP FAB do Rio de Janeiro, , teve como objetivo promover a confraternização entre os alunos dos diversos núcleos do Programa da área Rio de Janeiro, despertando o espírito de corpo e a importância do trabalho em equipe, reforçando a disciplina, incentivando a participação e inclusão, além de estimular a integração entre os professores e equipe técnica.

As crianças puderam usufruir da infraestrutura esportiva do legado olímpico do Clube de Aeronáutica da Barra da Tijuca que conta com uma pista de atletismo homologada pela federação internacional de atletismo, um ginásio poliesportivo e três campos de rugby.

Durante as competições, os alunos demonstraram garra, espírito de corpo e vibraram muito no decorrer das provas. Para Letícia Sousa de Oliveira (15 anos), aluna do PROFESP Afonsos, “Estava sendo muito legal participar dessa competição. No Campo dos Afonsos eu pratico Natação e Futebol. Já tive a experiência de estar em eventos parecidos e é muito bom viver esses momentos e confraternizar com os colegas de outras unidades", afirmou.

De acordo com o Gestor Nacional do PROFESP FAB, Coronel Aviador Décio Dias Gomes, o projeto é desenvolvido desde o ano de 2003. O grupo gestor foi criado no final de 2018 com o objetivo de promover eventos como este, com a participação de todos os PROFESP da área Rio, incluindo Marinha e Exército, com o propósito de confraternizar e fazer novas amizades. “O mais importante do PROFESP é transformar essas crianças em cidadãos, pessoas do bem, por meio do esporte. O Clube de Aeronáutica da Barra cedeu um espaço maravilhoso para realizarmos as competições, onde as crianças terão a oportunidade de usufruir do legado olímpico utilizado por atletas de alto rendimento. Nossa expectativa é montar até 2020 uma sede do PROFESP aqui no clube", finalizou.


O que é PROFESP?


O Programa Forças no Esporte promove a inclusão social de crianças e jovens de ambos os sexos, a partir de 6 (seis) até os 18 (dezoito) anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, com a finalidade de desenvolver valores cívicos, sociais e morais por meio de práticas desportivas e educacionais.

O projeto é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com o Ministério da Cidadania, o Ministério da Educação e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Outra vertente do PROFESP é o Projeto João do Pulo, que busca atender pessoas com deficiência (PcD). São conduzidos por Organizações Militares da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira.

 

Fim do conteúdo da página