Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

Para fazer o download da apresentação, CLIQUE AQUI

A Universidade da Força Aérea (UNIFA) recebeu, no dia 19 de dezembro, no Rio de Janeiro (RJ), a visita do presidente da Fundação Getúlio Vargas _ FGV, professor Carlos Ivan Simonsen Leal. Na ocasião, o comandante da UNIFA, Major-Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto, realizou um briefing institucional sobre as atividades finalísticas e de apoio desenvolvidas pela Universidade e suas organizações de ensino subordinadas _ ECEMAR e EAOAR.   O comandante aproveitou ainda a oportunidade para descrever a importância do legendário Campo dos Afonsos na história da aviação militar no Brasil, durante a visita da comitiva ao Salão Nobre da UNIFA, que contém mobiliários, objetos e acervo fotográfico icônicos.

A visita do professor Carlos Ivan, acompanhado do professor Bianor Cavalcanti, diretor de Relações Internacionais da FGV, e do professor André Coelho, da FGV Projetos, evidencia o relevante significado do Acordo de Cooperação Técnica firmado entre a UNIFA e FGV em 03 de abril de 2019. O Acordo tem por objetivo apoiar projetos de ensino, pesquisa e extensão, e de desenvolvimento organizacional, acadêmico e técnico-científico, de ambas as instituições.

O Acordo viabilizou, este ano, por exemplo, a realização de um seminário conjunto, na sede da FGV Rio, abordando o tema Planejamento Baseado em Capacidades, e a contratação da FGV para ministrar o MBA em Planejamento e Gestão Estratégicos no Curso de Comando e Estado-Maior (CCEM).

Cabe destacar que a Fundação Getúlio Vargas é considerada uma das dez melhores Think Tanks do mundo, de acordo com o ranking da Universidade da Pensilvânia. Esse conceito se refere a instituições que procuram fazer a ponte entre os conhecimentos específicos e as políticas públicas, por meio de pesquisas aplicadas aos problemas da sociedade. Ademais, a FGV contribuiu, de forma relevante, com os estudos que subsidiaram o delineamento da proposta de ajustes do Sistema de Proteção Social dos Militares, quando formularam a nota técnica “As Forças Armadas e a PEC da Previdência”, em 2016, complementada pela “A PEC da Previdência e o Sistema de Proteção Social Militar”, de fevereiro de 2019.  

De acordo com Major-Brigadeiro Isaias, “a Fundação Getúlio Vargas é uma instituição de ensino e de pesquisa de elevado prestígio no Brasil e no mundo. E, certamente, esse encontro fortaleceu ainda mais a parceria entre as duas instituições. Ambas buscam excelência na formação acadêmica e intelectual de seu corpo docente e discente”, afirmou.

O professor Carlos Ivan destacou a importância da aproximação acadêmica e do estreitamento das relações institucionais entre a FGV e a Força Aérea Brasileira e da cooperação com as atividades de ensino, pesquisa e extensão realizadas na UNIFA.

 

 

 

 

A Universidade da Força Aérea (Unifa) obteve a aprovação, em 19 de dezembro de 2019, do Curso de Doutorado Profissional de seu Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais (PPGCA), de acordo com o resultado que pode ser acessado pelo link https://www.capes.gov.br/36-noticias/10106-ctc-esdisponibiliza-resultado-de-propostas-de-cursos-novos.
A proposta do novo curso foi detalhadamente avaliada pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão do MEC.
Esse resultado ratifica o trabalho que vem sendo realizado desde 2004, com a criação do Programa que, em 2011, passou a funcionar sob a égide da Lei de Ensino da Aeronáutica e, a partir de 2012, obteve o reconhecimento e a aprovação pela Capes, primeiramente do curso nível mestrado na modalidade
profissional.
Desde 2012 o Programa já formou mais de 70 mestres, cujos diplomas possuem reconhecimento nacional.
Alguns fatores foram determinantes para a conquista dessa aprovação:
1) A demonstração do interesse institucional da Aeronáutica;
2) Área de Concentração e Linhas de Pesquisa compatíveis com curso de
nível doutorado;
3) Núcleo de docentes permanentes (17) com (13) professores com
dedicação exclusiva;
4) Indicadores favoráveis de produtividade acadêmica;
5) Consolidação da capacidade de pesquisa; e
6) Nível de participação em projetos de pesquisa.
As pesquisas realizadas no PPGCA são do interesse do Comando da
Aeronáutica, da Defesa Nacional e contribuem para o desenvolvimento da nação.

 

Comissão de Avaliação do PROCAD-DEFESA selecionou cinco projetos da UNIFA.

No dia 14 de dezembro de 2019, em solenidade realizada na Universidade da Força Aérea, localizada no Rio de Janeiro-RJ, ocorreu a formatura da 29ª turma do Programa Núcleo de Aprendizes (NUCLAP), um subprojeto do Programa Forças no Esporte (PROFESP) da Guarnição dos Afonsos.  Estiveram presentes na solenidade o Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço aéreo, Tenente Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, O comandante da Universidade da Força Aérea, Major Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto, a Desembargadora do tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Dra. Ivone Ferreira Caetano, entre outras autoridades.

O NUCLAP, que realiza um trabalho de educação social que visa auxiliar jovens em situação de vulnerabilidade social, estrutura-se em três importantes pilares: o Fortalecimento dos laços afetivos, familiares e sociais; a Superação das dificuldades com princípios e valores fortalecidos; e o Estímulo aos Estudos, como o maior recurso para o desenvolvimento.

A aluna do Projeto Júlia Gomes, uma dos 49 jovens formandos, fez uma reflexão do quanto a vida dela mudou após o Projeto: “Aqui, eu encontrei um refúgio muito bom, uma casa onde todos somos irmãos e juntos caminhamos em prol do progresso e principalmente do amor, pois aqui nós damos e recebemos palavras, abraços, incentivos para crescemos como profissionais e como pessoas. Tenho certeza de que eu e outros aprendizes saimos modificados com uma conduta completamente diferente da que apresentávamos antes. Estamos mais desenvolvidos, maduros, amorosos, com mais capacidade de enfrentar o mercado de trabalho e as dificuldades da vida.”

Neste ano,  o programa reuniu uma equipe voluntária de profissionais da área da saúde e realizou, de forma pioneira, o 1º Curso Livre de “Pais Cuidadores de Idosos”, atividade complementar montada para os responsáveis pelas crianças e jovens em atendimento no PROFESP. Os pais tiveram uma formação de 4 meses, sendo mais de 60 horas de aulas teóricas e práticas.

Fim do conteúdo da página