Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

A Universidade da Força Aérea (UNIFA) sediou o VI Fórum da Assistência Social do Ministério da Defesa (MD). O evento foi coordenado pelo Departamento de Saúde e Assistência Social (DESAS) da Secretaria de Pessoal, Ensino e Desporto (SESPED) do Ministério da Defesa. O objetivo foi prospectar e conduzir propostas de ajustes e aprimoramento de rumos para otimização do Preparo e do Emprego do Serviço de Assistência Social das Forças Armadas.

Com foco no cumprimento da Política Setorial de Defesa, o Fórum teve como tema a Identidade da Assistência Social das Forças Armadas, evidenciando o papel da proteção social, da garantia do bem estar do efetivo e os novos requerimentos para os assistentes sociais no âmbito da Política Setorial de Defesa.

"O fórum tem relevância pelo espaço dedicado ao conhecimento e de intercâmbio profissional para os assistentes sociais com vistas à produção do conhecimento na área de assistência social”, ressaltou o Vice-Reitor Acadêmico da UNIFA e Ex-Subdiretor de Encargos Especiais da Diretoria de Administração da Aeronáutica (DIRAD) - Órgão Central do Sistema de Assistência Social da Aeronáutica, Brigadeiro da reserva Luiz Tirre Freire.

A cerimônia de abertura foi presidida pelo Reitor da UNIFA e Presidente da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), Brigadeiro do Ar Arnaldo Augusto do Amaral Neto, e contou com a presença do Diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social da Secretaria de Pessoal, Ensino, Saúde e Desporto do MD, Brigadeiro Médico Eduardo Serra Negra Camerini. Autoridades militares das Forças Armadas, além do Diretor de Assistência Social do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, Coronel Bombeiro Ricardo Luis de Macedo Soares também participaram do evento.

O encontro aconteceu nos dias 4, 5 e 6 de julho e reuniu cerca de 80 participantes militares e civis, além de representantes da área da Assistência Social da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e do Comando da Aeronáutica da área do Rio de Janeiro. 

http://www.portal.intraer/portalintraer/capa/index.php?mostra=30556

A Universidade da Força Aérea (UNIFA), por intermédio do Centro de Estudos Estratégicos, promoveu em seu campus, no Rio de Janeiro, o I Seminário sobre Aplicações de Sistemas Espaciais em Combate, para uma audiência de cerca de 300 militares.

O objetivo do evento realizado na terça-feira (13/06) foi fomentar estudos e pesquisas relacionados com a aplicação de tecnologia espacial em combate, além de identificar desafios e tendências da aplicação de sistemas espaciais em combate, a fim de contribuir com o Estado-Maior da Aeronáutica e Grandes Comandos, por meio de trabalho acadêmico, visando ao assessoramento de alto nível, para a tomada de decisão em relação ao tema.

O seminário, presidido pelo Comandante de Operações Aéreas (COMAE), Tenente-Brigadeiro do Ar Gerson Nogueira Machado de Oliveira, contou com a presença do Diretor-Geral do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Vuyk de Aquino, e de Oficiais-Generais, Oficiais Superiores da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro, Instrutores e Oficiais-Alunos, matriculados nos cursos das organizações de ensino do campus, além de oficiais matriculados no Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia da Escola Superior de Guerra.

O Seminário abordou os seguintes temas com os respectivos palestrantes:

1)Emprego de Sistemas Espaciais em Combate – Atualidade e tendências, Major-Brigadeiro do Ar Jefson Borges, Chefe da Terceira Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica.

2)Programa Estratégico de Sistemas Espaciais (PESE) como suporte para as aplicações militares, Coronel Aviador José Vagner Vital, Vice-Presidente Executivo da Comissão de Coordenação e Integração de Sistemas Espaciais (CCISE).

3)O papel dos mísseis superfície-ar na era espacial, Brigadeiro de Infantaria Luiz Marcelo Sivero Mayworm, Comandante da 1ª Brigada de Defesa Antiaérea.

4)Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR) – Operação Satelital, Coronel Aviador Marcelo Veloso Magalhães, Chefe do Centro de Operações Espaciais.

5)Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR) – Análise de Inteligência, Coronel Aviador Eliseu Montagner, Chefe da Divisão de Inteligência do Centro Conjunto de Operações Aéreas.

 

A Universidade da Força Aérea (UNIFA) publicou no Boletim do Comando da Aeronáutica (BCA) nº 112, de 03 de julho de 2017, o edital do exame de seleção e admissão para aluno regular do Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais (PPGCA), nível Mestrado, modalidade Profissional - Turma 2018.

O período de inscrições encerrar-se-á no dia 11 de agosto de 2017. O processo seletivo é constituído de cinco fases, a saber: Análise da documentação relativa à inscrição; Análise e avaliação do Projeto Preliminar de Pesquisa; Prova de conhecimentos específicos; Prova de compreensão de língua inglesa; e, Entrevista.

Mais informações sobre o processo de seleção do PPGCA acesse o link: https://www2.unifa.aer.mil.br/posgrad

Nos últimos dias 31 de maio e 1º de junho, desse ano, mais três alunos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais deram passos rumo a excelência acadêmica.

Os alunos Cel Av R/1 Alexandre F. Ramos e Maj Av Ricardo Henrique Correia dos Santos defenderam seus projetos de pesquisa perante banca, perfazendo seus exames de qualificação; o Cel F. Ramos defendeu projeto de pesquisa entitulado "Indústria aeronáutica brasileira: perspectivas para o suporte ao preparo e emprego da FAB" e o Maj Ricardo defendeu o trabalho "O desenvolvimento da cadeia industrial aeronáutica sob o contexto da competitividade". O exame de qualificação é etapa necessária para a conquista do título de Mestre, onde uma banca examina a adequabilidade e exequibilidade de uma pesquisa e de seus resultados preliminares, credenciando o pesquisador a continuá-la.

A 1º Ten JOR Maria da Glória Galembeck apresentou sua dissertação "O discurso da Força Aérea Brasileira como construção de poder: grandes eventos de 2012 e 2016" perante banca com professores doutores, tanto da UNIFA, quanto de outras instituições de ensino. A defesa da dissertação figura como passo final na obtenção do título de Mestre, sendo a última etapa da caminhada acadêmica de um aluno do PPGCA.

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Aeroespaciais é um programa stricto sensu, de Mestrado Profissional, reconhecido pela Comissão de Aperfeiçoamento do Pessoal de Ensino Superior (CAPES), que visa, além da capacitação de militares e civis do Comando da Aeronáutica, bem como civis de outras instituições, o estudo e a criação de soluções inteligentes para os problemas e questões de interesse da Força Aérea Brasileira.

 

O Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica (CIEAR) realizou, nesta quinta-feira (01/06), a solenidade militar de passagem de comando do Coronel Aviador Gil Lessa Amaral de Carvalho para a Tenente-Coronel Pedagoga Estela de Magalhães Ambrósio Perez. Ela é a primeira mulher a comandar uma unidade de ensino da FAB.

Em seu discurso de despedida, o Coronel Gil teceu agradecimentos a todos que contribuíram para o sucesso do seu comando. “Continuem sendo profissionais no cumprimento da missão da Força Aérea e exemplo na sociedade brasileira”, disse.

Durante a manhã foi descerrada a foto na galeria de ex-comandantes e na sequência teve início, no Salão Nobre do CIEAR, a cerimônia militar presidida pelo Comandante-Geral do Pessoal, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez. O oficial-general foi acompanhado pelo Comandante Interino da Universidade da Força Aérea, Brigadeiro do Ar Arnaldo Augusto do Amaral Neto, além do Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Rui Chagas Mesquita, dentre outras autoridades. Também estiveram presentes comandantes, chefes e diretores de organizações militares do Comando da Aeronáutica e demais convidados.

Fim do conteúdo da página