Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Aeronaves > Ximango - AMT-100 | AEROMOT Indústria Mecânico-Metalúrgica
Início do conteúdo da página


O AMT-100 é um motoplanador de dois lugares, asa baixa, trem retrátil e hélice Hoffmann de passo variável/três posições, destinado ao treinamento de pilotos e ao vôo esportivo. É similar ao AMT-200 “Super Ximango”, exceto pelo uso de um motor Limbach L 2000 EO1 de 80 hp. Apesar de ser um avião concebido para vôos de lazer e não para circunavegações, este modelo de motoplanador provou (em vôo inédito de 55.000 km ao redor do globo terrestre, em 2001) que merece todo o nosso respeito. Ele foi o único motoplanador a fazer a travessia oceânica do Atlântico Sul.

O exemplar em exposição (matrícula PP-RAN) foi o primeiro construído, sendo similar ao “Super Ximango” pilotado pelo suíço/brasileiro Gérard Moss durante a expedição científica “Asas ao Vento”, em 2001. Esta aeronave estava no Aeroclube do Planalto Central, em Formosa, Goiás, até ser incorporado ao acervo do Museu Aeroespacial, em 2012.

 

Especificações Técnicas  
Fabricante: AEROMOT Indústria Mecânico-Metalúrgica Ltda – Brasil
Motor: Limbach L 2000 EO1 de 80 hp, 4 cilindros horizontais opostos
Designação Militar: --
Comprimento: 7,89 m
Envergadura: 17,47 m
Altura: 1,93 m
Peso Vazio: 600 kg
Velocidade de Cruzeiro: 190 km/h
Alcance: 1.380 km
Armamento: --

 

Fim do conteúdo da página