Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Aeronaves > Aeronaves > Mirage - DASSAULT MIRAGE III-EBR (F-103E) | Avions Marcel Dassault
Início do conteúdo da página


O DASSAULT MIRAGE III-EBR é um avião supersônico, asa em formato de delta, com capacidade para um tripulante, destinado a missões de interceptação, reconhecimento, combate aéreo, bombardeio e ataque ao solo. Voou pela primeira vez em 1956, sendo produzido sob licença na Austrália e na Suíça. Esses aviões foram utilizados, com sucesso, na “Guerra dos Seis Dias” (Israel / Países Árabes - 1967), no conflito entre Índia e Paquistão (1971) e na “Guerra das Malvinas” (Argentina / Inglaterra - 1982).

O “Mirage III”, primeiro avião supersônico operado pela Força Aérea Brasileira, atuou na defesa do espaço aéreo brasileiro, realizando interceptações e uma variada gama de missões, de 1972 a 2005. O exemplar em exposição (matrícula FAB 4913) foi desativado em 2005 e entregue ao Museu Aeroespacial em 2006.

 

Especificações Técnicas  
Fabricante: Avions Marcel Dassault
Motor: turbojato SNECMA Atar 09C de 13.670 lb de empuxo, com pós-combustão
Desiginação Militar: F-103E
Comprimento: 15,03 m
Envergadura: 8,22 m
Altura: 4,25 m
Peso Vazio: 7.050 kg
Velocidade Máxima: 2.350 km/h (Mach 2.2)
Alcance: 1.610 km
Armamento: 2 canhões DEFA de 30 mm, 3 pontos fixos para até 1.360 kg de bombas (um na fuselagem e dois nas asas), mísseis e tanques externos de combustível
Fim do conteúdo da página