Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Autoridades de países falantes da Língua Portuguesa visitam o Museu Aeroespacial
Início do conteúdo da página

Em visita ao Rio de Janeiro na última sexta-feira, 29, os Chefes de Estados-Maiores da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) acompanharam o encerramento da Operação Felino, exercício militar conjunto e combinado que visa capacitar as forças armadas brasileiras e estrangeiras no emprego em missões de paz e ajuda humanitária, nos níveis tático e operacional.

A comitiva composta de autoridades militares de Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, e representantes do Ministério da Defesa (MD) e das Forças Armadas brasileiras, conheceram o Museu Aeroespacial (MUSAL), no Campo dos Afonsos.

O Vice-Diretor do MUSAL, Coronel Julio Bezerra, recebeu as autoridades, que assistiram a um breve vídeo sobre o MUSAL e foram acompanhadas por historiadores do MUSAL numa visita pela área expositiva do primeiro andar.

Operação Felino

O Exercício foi batizado com o nome de Felino em razão desta família de mamíferos estarem presente nos continentes americano e africano. Cada Exercício funciona num ciclo que dura dois anos, utilizando o mesmo cenário fictício que simula situações-problema.

O primeiro ciclo é realizado no formato “carta”, no qual se planeja e executa uma operação por meio de rede de computadores, como um jogo de guerra. Essa fase foi realizada no ano passado, em Cabo Verde. O segundo exercício é realizado no ano seguinte, no terreno e com a ação de tropas. Esta é a modalidade realizada, em 2017, no Brasil.

Os treinamentos da série Felino iniciaram-se no ano 2000 e são uma oportunidade de promoção da cooperação, amizade e união entre as nações. A cada biênio são colocados países diferentes para sediar o evento.

 

Clique nas fotos para ampliar

Fim do conteúdo da página