Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Slideshow > Militares são agraciados com comenda do Governo de Minas Gerais
Início do conteúdo da página

Medalha Santos Dumont é conferida a personalidades e entidades que prestam relevantes serviços ao Estado de MG e ao Brasil


Na manhã desta terça-feira (30/10), foi realizada na Fazenda Cabangu, em Santos Dumont / MG, a cerimônia de entrega das medalhas Santos Dumont. O evento é promovido pelo Governo de Minas Gerais. Nesta edição, foram cento e vinte e seis agraciados, entre personalidades e entidades, que foram homenageados pela relevância nos serviços prestados ao Estado e ao País. A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR) participou com a Guarda de Honra e com a Banda de Música. Militares da Guarnição de Aeronáutica de Barbacena (GUARNAE-BQ) e um professor civil também foram agraciados.

A solenidade teve início com a revista à Guarda de Honra que foi realizada pelo Brigadeiro do Ar Mário Sérgio Rodrigues da Costa, Comandante do Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), unidade sediada em Belo Horizonte / MG. Logo após, os presentes cantaram o Hino Nacional Brasileiro, executado sob os acordes da Bande de Música da EPCAR.

Comandante da EPCAR, o Coronel Aviador Mauro Bellintani foi um dos homenageados e destacou a emoção do agraciamento na condição de comandante da Nascente do Poder Aéreo, unidade que atua diretamente na preservação da Fazenda Cabangu. “Estou muito honrado por receber esta comenda e também por fazer parte deste esforço conjunto pela preservação da memória deste espaço tão importante, para resgatar e manter viva essa chama tão bonita do legado de Santos Dumont. É um trabalho muito gratificante, podermos preservar o local onde nasceu o pai da aviação”, declarou o oficial, ratificando a parceria entre o Comando da Aeronáutica, a Fundação Museu Casa Natal de Santos Dumont e a Prefeitura Municipal de Santos Dumont.

Com 16 anos de serviços prestados à Força Aérea Brasileira (FAB), a Major Intendente Fernanda de Cristo Marques Silva, Agente de Controle Interno do Grupamento de Apoio de Barbacena (GAP-BQ), estava muito feliz com a indicação e com a aprovação do Conselho da Medalha para ser agraciada. “É uma sensação muito boa, indescritível, de reconhecimento de um trabalho de 16 anos na FAB. É muito bom saber que alguém valoriza e reconhece o trabalho que é desenvolvido, sempre buscando atingir o melhor resultado possível”, afirmou, emocionada.

O Brigadeiro Mário também foi agraciado e enfatizou a importância de Santos Dumont na história da humanidade. “É uma satisfação poder fazer parte deste momento e ser homenageado. E é uma alegria muito grande poder ver a comunidade mineira se reunindo com diversas autoridades em torno de uma pessoa que tem um significado tão grande, para o Comando da Aeronáutica e para a sociedade brasileira como um todo, porque é o nome do Brasil que foi elevado na medida em que ele também elevou o mais pesado do que o ar ao céu. Assim, todos nós nos elevamos nessa condição,” afirmou o oficial-general que também destacou o importante trabalho do Comando da Aeronáutica na parceria para manutenção de toda a área que envolve a Fazenda Cabangu.

O Governador de Minas Gerais foi representado pelo Secretário de Estado de Cultura, Ângelo Oswaldo, que em seu discurso lembrou que Santos Dumont deu asas à humanidade. “Quem conhece a vida de Alberto Santos Dumont sabe que o Brasil atingiu um patamar superior na construção do conhecimento humano por meio de um mineiro da Mantiqueira que revolucionou a história dos homens e das mulheres”, pontuou.

Os integrantes da GUARNAE-BQ agraciados foram: Coronel Aviador Mauro Bellintani, grau ouro, ex-officio; Tenente Coronel Médica Jacqueline Leite Frade e Tenente Coronel Aviador Gleisson Antonio Somensi, grau prata; e Major Intendente Fernanda de Cristo Marques Silva e Professor civil José Antônio de Oliveira Pinto, grau bronze.

Ao término da solenidade, autoridades, agraciados e convidados puderam visitar a casa onde nasceu Santos Dumont, identificando vários objetos que foram de uso pessoal, cartas, fotografias e demais itens que compõe o acervo que é preservado pela Fundação.


A MEDALHA

Concedida pelo Governo de Minas Gerais, a Medalha Santos Dumont foi criada em 1956 para comemorar o primeiro vôo do 14-Bis – realizado no dia 23 de outubro de 1906, em Paris, simbolizando o reconhecimento pelo feito de Alberto Santos Dumont, denominado patrono da aviação brasileira. A condecoração é concedida em quatro graus: Grande Colar, Ouro, Prata e Bronze.

 
Fonte: Seção de Comunicação Social, por Sgt Júlio Fonseca
Fotos: Sgt Domingos
 
 
Fim do conteúdo da página