Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Notícias da EPCAR
Início do conteúdo da página

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR) realizou a solenidade cívico militar alusiva ao 73º aniversário do término da II Guerra Mundial, o Dia da Vitória, na manhã de terça-feira (8) na Praça Dom Silvério, em Barbacena.

Na sexta-feira (13.04) a Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR) realizou a solenidade militar de passagem de cargo de comandante da unidade. O Brigadeiro do Ar José Aguinaldo de Moura passou o cargo após dois anos de comando da organização de ensino. Entre as realizações o oficial-general conduziu o processo de modernização das atividades de ensino e a adequação da estrutura da escola para a formação da primeira turma com alunas no início do ano de 2017.

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr), o Grupamento de Apoio de Barbacena e o Esquadrão de Saúde realizaram a solenidade alusiva ao Dia do Especialista de Aeronáutica, que foi presidida pelo Comandante da Escola, Brigadeiro do Ar José Aguinaldo de Moura.

Na cerimônia foi realizada a imposição da Medalha ‘ Bartolomeu de Gusmão‘, honraria concedida aos militares e civis por destacados serviços prestados à Força Aérea. Ao todo 4 militares da EPCAr e do Grupamento de Apoio de Barbacena receberam a comenda, e, também, 2 militares do décimo-primeiro Batalhão de Infantaria de Montanha, do Exército Brasileiro.

A solenidade marcou também a despedida do serviço ativo da Aeronáutica do Coronel Augusto Goro Tojo, oficial especialista em Comunicações, que serviu por 13 anos na Escola Preparatória.

Durante todos esses anos, a FAB me proporcionou condições para o meu aperfeiçoamento técnico. Sou muito grato à instituição e a todos os companheiros e amigos conquistados por onde passei e especialmente nesses últimos trezes anos, quando fui acolhido por esta querida cidade de Barbacena e por esta maravilhosa Escola.”

O dia 25 de março é lembrado em homenagem ao quadro de profissionais técnicos de várias especialidades formados na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), localizada em Guaratinguetá (SP).

Fotos: 1S Leopoldo e 2S Domingos

Após uma intensa rotina de instruções do Estágio de Adaptação à Atividade Militar, os 180 estagiários do Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR 2018) receberam suas platinas na manhã da última sexta-feira (09/02), em cerimônia militar realizada no Pátio da Bandeira da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), localizada em Barbacena (MG).

O período de adaptação durou 20 dias. Nessa primeira fase, os alunos receberam instruções típicas do início da vida na caserna: aulas sobre conduta militar, ordem unida, atividades físicas e regulamentos da Aeronáutica. A partir de agora, os alunos continuarão com as instruções militares e iniciarão o aprendizado do Ensino Médio regulamentar.

“Nesses últimos dias, a separação do lar, somada à rotina exigida como militares, forçou-os a criar em si mesmos a solução para seus problemas, tornado-os mais independentes. Todos tiveram dificuldades, físicas e emocionais, mas não se deixaram derrotar por elas. Parabéns esquadrão!”, ressaltou o Comandante do Corpo de Alunos da EPCAR, Tenente-Coronel Aviador Gleison Antônio Somensi, que acompanhou toda a adaptação dos novos alunos do 1º esquadrão.

Após receberem a platinas de seus padrinhos e madrinhas, os alunos desfilaram na tropa do Corpo de Alunos e entoaram, pela primeira vez, o grito de guerra do esquadrão.

Phoenix
Durante o estágio, os alunos escolheram o nome da turma: Phoenix, lendária ave que se consumiu em chamas ao final da sua vida, renascendo de suas próprias cinzas, considerada símbolo de esperança, persistência e transformação.

Fotos: 1S Leopoldo/ 2S Valentim

Entre os dias 04 e 09 de abril o terceiro ano do Curso Preparatório de Cadetes do Ar (CPCAR), Esquadrão Grifo, realizou o exercício de campanha, que tem como objetivo a formação do combatente.

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR), o Grupamento de Apoio (GAP-BQ) e o Esquadrão de Saúde (ES-BQ), localizados em Barbacena (MG), estão apoiando a Secretaria Municipal de Saúde no combate aos casos de Febre Amarela na região. A força-tarefa foi motivada pelo pedido de auxílio da Secretaria, devido à situação de emergência em saúde pública na localidade e o aumento do número de casos da doença.

A febre amarela voltou a ser motivo de preocupação em vários lugares do Brasil, desde o início deste ano, depois que casos da forma silvestre da doença voltaram a ser registrados no país. Em Minas Gerias, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, mais de 160 casos da doença já foram confirmados e 51 pessoas morreram.

Fim do conteúdo da página