Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias
Início do conteúdo da página

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) iniciou nesta segunda-feira (22/5) a primeira edição deste ano de 2017 do Curso de Preparação para Operações de Lançamento, módulo I (CPOL I/ 2017). A atividade ocorre na organização militar da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais, com objetivo de capacitar pessoal técnico recém-incorporado a exercer com segurança e desenvoltura as atividades afetas ao lançamento de veículos espaciais a partir do CLA. Ainda espera-se a partir do CPOL, a consolidação como curso de entrada para novos operadores, colaboradores e clientes do Centro, além de capacitar operadores advindos de outros setores do CLA para atuar como apoio nas atividades de
lançamento. A primeira edição do CPOL I/ 2017 ocorre em Alcântara até a próxima sexta-feira (26/5).
Na abertura do CPOL I/ 2017, o Coronel Luciano Valentim Rechiuti, Diretor do CLA apresentou aos participantes a missão, infraestrutura atual, últimos avanços, principais operações e perspectivas futuras do Centro. Ao longo da semana conforme o cronograma do curso, os inscritos receberão instruções sobre tecnologia espacial, operações de lançamento, planejamento operacional, preparação e lançamento, segurança de superfície, sistema de localização – radares, segurança do trabalho, perspectivas futuras da área espacial, sistema de telemedidas, trajetografia e sincronização, metrologia, meteorologia, segurança de voo espacial, gestão da qualidade e área patrimonial. No último dia do curso, haverá ainda uma visita técnica às principais estações operacionais do CLA e ao término os participantes realizarão uma avaliação para testar os conhecimentos adquiridos ao longo do cinco dias de treinamento. “O CLA tem hoje papel vital nos projetos voltados à área espacial, necessariamente todos eles passam ou passarão por Alcântara em algum momento. Nesse sentido, o CPOL vem se consolidando com uma ferramenta efetiva para a gestão do conhecimento, ao passo em que possibilita com que colaboradores mais experientes, transmitam suas competências e vivências aos recém-chegados que nos próximos anos assumirão funções estratégicas nas operações de lançamento”, explica o Coronel Luciano, Diretor do CLA.

O Curso de Preparação para Operações de Lançamento (CPOL) é uma iniciativa do CLA e visa preparar novos operadores e colaboradores do Centro para atuarem nas atividades afetas a sua atividade-fim: preparar, lançar e rastrear engenhos aeroespaciais e suas cargas úteis. É composto de dois módulos (teórico ou universal e prático ou específico), sendo o segundo obrigatório para aqueles que estarão engajados nas atividades dos setores operacionais do CLA. A certificação oferecida pelo primeiro módulo é a de “colaborador qualificado” e a do segundo módulo é de “operador da estação”. No segundo módulo, ainda a ser realizado, o participante irá se especializar em uma das estações operacionais do Centro, recebendo posteriormente, certificado com descrição mais específica do módulo, igualmente com a quantidade de horas de prática, atestando, portanto, a competência operacional. Por exemplo, operador da estação Radar Atlas, operador da estação Radar Adour, operador da estação de Telemedidas, operador da estação de Meteorologia, etc. O CPOL I/ 2017 é regulado pela Tabela de Cursos da Aeronáutica (TCA) 37-15/ 2016 “Cursos e Estágios do DCTA para o ano de 2017”. 

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) recebeu nesta quarta-feira (17/06), o Embaixador da Coréia do Sul, Jeong Gwan Lee  e comitiva. A visita  teve por objetivo apresentar a infraestrutura operacional  do Centro para realização de atividades de lançamento e rastreio de engenhos espaciais, instalada no município de Alcântara.

A visitação foi iniciada com uma apresentação sobre o CLA, realizada pelo Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, Diretor do CLA, abordando o histórico das atividades espaciais no Brasil, avanços das atividades espaciais no país, os lançamentos realizados pelo Centro e as perspectivas futuras.

Na sequência, a comitiva conheceu o Centro de Controle, onde ocorre a coordenação das operações de lançamento do Centro, e passaram pelas estações de Telemedidas, Meteorologia e Radar Adour. No Setor de Preparação e Lançamento (SPL), a comitiva da Embaixada Coreana visitou a Casamata, a estrutura reforçada mais próxima das plataformas de lançamentos e que abriga, com segurança parte dos  engenheiros e técnicos envolvidos com as operações.  Por fim, foi realizada a visita na Torre Móvel de Integração (TMI), que é a plataforma que está sendo preparada para a operação do Veículo Lançador de Microssatélites (VLM).

 

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realizou a 1ª fase do Programa de Acompanhamento dos Soldados “Projeto de Olho no Futuro”, para 93 recrutas do Curso de Formação de Soldados, no ano de 2017.

Nesta quinta-feira (06/04/2017) 19  estagiários do Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e do Estágio de Adaptação Técnico (EAT) concluíram o exercício de campanha, como parte da grade curricular dos respectivos estágios realizados no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

Foi lançada na última quarta-feira (26/4) na Câmara dos Deputados, a Frente Parlamentar para Modernização do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, conheceu nesta quarta-feira (12/04) o trabalho e a estrutura do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA).

A solenidade contou com a presença do efetivo do CLA e do Grupamento de Apoio de Alcântara (GAP-AK), além de familiares dos agraciados com a Medalha Bartolomeu de Gusmão.

Fim do conteúdo da página