Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Diretor do CLA e Reitora da UFMA discutem implantação do curso de Engenharia Aeroespacial no MA
Início do conteúdo da página

Nesta sexta-feira (17/03), a Reitora da Universidade Federal do Maranhão, Nair Portela recebeu o Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara - CLA, 

Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, que visitou diversos prédios da Cidade Universitária e obteve detalhes sobre a parceria entre a Universidade Federal do Maranhão - UFMA e Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA para a implantação do curso de Engenharia Aeroespacial na UFMA, com a colaboração do CLA.


O encontro ocorreu no Centro Pedagógico Paulo Freire, em que a reitora Nair Portela ressaltou ao Coronel Luciano a relevância da proximidade entre a instituição e o CLA. “É muito importante que a UFMA e o Centro de Lançamento de Alcântara façam parcerias que possam contribuir ainda mais com a sociedade maranhense e o crescimento do programa espacial brasileiro. Nossas conversas estão muito bem-encaminhadas junto com o ITA e já estamos desenvolvendo o projeto político-pedagógico do curso de Engenharia Aeroespacial da universidade, do qual o CLA é parceiro significativo”, pontuou a reitora.
O Diretor do CLA declarou ter muita satisfação com a aproximação das três instituições e frisou o papel do Centro de Lançamento na formação profissional da universidade. “Queremos complementar essa parceria, que entendemos ser muito importante, pois temos a dificuldade da fixação de profissionais de fora do estado do Maranhão, por conta de diversos motivos, entre eles o familiar. Vamos estreitar nossos laços e verificar como podemos colaborar ainda mais ao longo do tempo”, disse o Diretor do CLA.
O projeto político-pedagógico foi apresentado ao Coronel Luciano pelos professores da UFMA Carlos Alberto Brito, do curso de Engenharia Mecânica, e Inaldo Costa, da graduação em Engenharia de Computação. Ambos detêm títulos de mestrado e doutorado pelo ITA e fazem parte da comissão de criação do curso de Engenharia Aeroespacial, composta por docentes de diversos cursos do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da universidade.

 

Saiba mais


O curso de Engenharia Aeroespacial da UFMA, de acordo com o projeto político-pedagógico em desenvolvimento, terá como base os dois primeiros anos do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT) na Instituição. Posteriormente os estudantes farão a transição para o curso específico, com duração de três anos, cursando disciplinas voltadas, para a navegação e guiagem, eletrônica para aplicações espaciais e governança de organizações aeroespaciais e aeroportuárias.

Fim do conteúdo da página