Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > FAB especializa 46 oficiais em medicina aeroespacial
Início do conteúdo da página

Nesta quarta-feira (04/07), o Diretor de Ensino da Aeronáutica, Major-Brigadeiro do Ar Rui Chagas Mesquita, ministrou uma aula inaugural sobre “Modernização do Ensino da Aeronáutica”, para os 83 alunos do Estágio de Adaptação ao Oficialato (EAOF), além de oficiais do efetivo do CIAAR.

O Oficial-General abordou as novas tendências e modelos de educação contemporânea e a importância profissional do oficial especialista neste contexto.
A primeira tendência é o uso da tecnologia no processo ensino-aprendizagem, baseada na utilização de softwares, hardwares, lousas interativas, aplicativos e ensino à distância. A segunda, descentralizações do conhecimento, na qual são trabalhados os conceitos de inteligência coletiva, acesso irrestrito ao conteúdo e professor como orientador. Um exemplo é a metodologia da sala de aula invertida.
A personalização, terceiro aspecto abordado, trata da importância do respeito à diversidade e da individualidade do aprendizado. “Cada indivíduo processa o aprendizado de forma particular e isso deve ser considerado”, afirmou o Major-Brigadeiro. Outra tendência é o Storytelling. Para ser relevante o conteúdo precisa ser trabalhado por meio de narrativas, do uso do lúdico, a emoção, da moral da história.
A Gameficação foi o quinto conceito trabalhado. O uso de mecânicas e dinâmicas de jogos está cada dia mais presente na vida das pessoas e pode ser utilizado para resolver problemas e melhorar o aprendizado.  A desescolarização é outra direção da educação contemporânea. O aluno deve ser estimulado a aprender fora do ambiente escolar, a buscar conhecimento de maneira alternativa.
A simbiose entre escola e vida foi a sétima diretriz. O Diretor de Ensino falou da importância de se levar a vida para dentro da escola e vice-versa. Tendência diretamente ligada ao último tema abordado: educação como experiência. “Para construir o conhecimento de forma sólida e ter resultado é preciso conectar experiência com conteúdo e esse é o grande diferencial dos alunos do EAOF. Os senhores são preparados para serem líderes e disseminar o conhecimento adquirido ao longo da carreira”, destacou o Oficial-General.
O aluno W. Silva agradeceu em nome da turma Ômega a palestra do Major-Brigadeiro Mesquita e parabenizou-o pela apresentação. “Tenho a certeza de que saímos daqui capacitados para cumprir nossa missão como oficial subalterno. Estamos inspirados para continuar servindo a Força Aérea Brasileira”, concluiu.
Após a aula inaugural o Brigadeiro participou do encerramento do Curso de Medicina Aeroespacial (CMAE), acompanhado do Comandante do CIAAR, Brigadeiro do Ar Mário Sérgio Rodrigues da Costa.

 

Fim do conteúdo da página